USP trabalha na criação de um ventilador pulmonar mais barato e que pode ser feito em 2 horas

No Brasil há mais de 60 mil ventiladores disponíveis em hospitais públicos e da rede privada. Apesar de grande, o número pode não ser suficiente para atender a possível demanda nos próximos meses. Por isso a máquina desenvolvida pelos pesquisadores é vista como uma luz no enfrentamento da doença. Engenheiros da USP e profissionais da saúde se juntaram para desenvolver uma máquina que atenda às exigências da Anvisa e a um preço acessível para produção em grande escala.

Confira nas multiplataformas do Jornal da Record os quatro boletins diários que vão ao ar também na Record TV e ainda uma versão exclusiva para o digital.