Lorena Aumentou 35% o número de eleitores que declararam ter deficiência, segundo TSE

Aumentou 35% o número de eleitores que declararam ter deficiência, segundo TSE

Houve um aumento de 35% no número de eleitores que declararam ter algum tipo de deficiência nos últimos quatro anos. Pensando nessas pessoas, o Tribunal Superior Eleitoral lançou uma campanha de inclusão e acessibilidade.

Lorena - Notícias
Aumentou 35% o número de eleitores que declararam ter deficiência, segundo TSE

Aumentou 35% o número de eleitores que declararam ter deficiência, segundo TSE

Lorena - Notícias

O número de eleitores que declaravam ter algum tipo de deficiência ou de mobilidade reduzida aumentou cerca de 35% nesses últimos quatro anos, passando de 939.915 para 1.271.381, segundo dados divulgados pelo TSE - Tribunal Superior Eleitoral. Segundo a Justiça Eleitoral, mais de 156 milhões de pessoas estão aptas para votar no ano de 2022 durante as eleições.

Entre os mais de 1,2 milhões de pessoas que declararam ter algum tipo de deficiência, 30,47% relataram ter dificuldade de locomoção, 13,3% deficiência visual e 7,97% deficiência auditiva. Com o objetivo de melhor atender essas pessoas, a Justiça Eleitoral implantou diversos mecanismos que garantem a essas pessoas a oportunidade votar em ambientes que sejam mais acessíveis e que possuam maior acessibilidade interiormente.

Porém, para conseguirem esse benefício com a justiça, os eleitores precisam fazer uma solicitação junto cartório eleitoral até o dia 18 de agosto. “A eleitora e o eleitor nessa situação têm prazo até o dia 18 de agosto para solicitar a transferência para uma seção com maior acessibilidade. As seções especiais são espaços adaptados pela Justiça Eleitoral que oferecem fácil acesso e maior comodidade e segurança no momento do voto”, informou o TSE.

Esse requerimento pode ser solicitado em qualquer cartório eleitoral por qualquer pessoa que esteja interessada e possua a necessidade. O eleitor precisará levar seu documento oficial com foto. Também poderá requerer qualquer apoiador, curador ou procurador. Confira a campanha de inclusão no Instagram do TSE:

Campanha de Inclusão no Instagram do TSE. (Vídeo/Reprodução: Instagram)

Uma das principais acessibilidades implantadas está a utilização de libras nas urnas eletrônicas e atualizações de softwares que serão utilizadas já nas eleições de 2022. “Além disso, um vídeo feito por uma intérprete de Libras será apresentado em todas as 577.125 urnas eletrônicas preparadas para o pleito, indicando para eleitoras e eleitores qual cargo está em votação no momento, nesta sequência: deputado federal, deputado estadual ou distrital, senador, governador e presidente da República”, acrescentou o tribunal. Além disso, também irão disponibilizar fones de ouvido para os eleitores cegos ou com baixa visão. Na dinâmica, os sinais sonoros indicarão os números escolhidos e darão um retorno com o nome do candidato escolhido.

Acompanhe as mais variadas notícias aqui no portal Lorena R7.

Foto Destaque:  Urna eletrônica: número de eleitores que declaram ter deficiência cresce 35%, diz TSE. Imagem/Reprodução: (Heuler Andrey/AFP/Getty Images)

Últimas