Lorena Caso Jeff Machado: suspeito aparece em vídeo tentando vender o carro do ator

Caso Jeff Machado: suspeito aparece em vídeo tentando vender o carro do ator

Conforme apontam as investigações do caso, o assassinato começou a ser planejado ainda no fim de 2022. Nas semanas seguintes ao crime...

Lorena - Notícias
Caso Jeff Machado: suspeito aparece em vídeo tentando vender o carro do ator

Caso Jeff Machado: suspeito aparece em vídeo tentando vender o carro do ator

Lorena - Notícias

A Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCERJ) investiga o assassinato do ator Jefferson Machado, que foi encontrado morto no dia 22 de maio dentro de um baú, enterrado e concretado no chão de um imóvel em Campo Grande. De acordo com as autoridades, o ex-produtor de televisão Bruno de Souza Rodrigues teria tentado apagar os rastros da existência de Jeff após o crime.

Em um vídeo obtido com exclusividade pelo programa Fantástico, Bruno aparece tentando vender o carro de Jeff no Rio de Janeiro. Nas imagens, o suspeito estaciona o veículo na porta de uma concessionária e tenta realizar a venda. Sem sucesso, ele vai em outros dois estabelecimentos, mas nenhum aceita o produto porque o Bruno não possuía todos os documentos do carro.

Conforme apontam as investigações do caso, o assassinato foi premeditado e começou a ser planejado ainda no fim de 2022. Nessa época, Bruno teria enganado o ator tirando vantagem do sonho de Jeff, que era deslanchar na carreira artística. Com a falsa promessa de que conseguiria um papel em uma novela, Jeff teria entregado R$ 18 mil ao ex-produtor.

Jefferson Machado (Foto: Reprodução/Instagram/@jeffmachadocosta)

Segundo a polícia, o crime foi articulado pois Bruno temia que a vítima cobrasse o dinheiro de volta depois que percebesse o golpe em que havia caído. O plano, então, começou com o aluguel de uma casa em Campo Grande, que seria usada exclusivamente para encobrir o assassinato.

A premeditação começou no dia 30 de novembro de 2022, quando o Bruno decide alugar a kitnet onde o cadáver seria ocultado”, afirmou a delegada titular da Delegacia de Descoberta de Paradeiros, Ellen Souto. “O Bruno quis, a todo momento, não demonstrar que ele que estava negociando o imóvel, se passando para a proprietária como se fosse o Jefferson que estava alugando.”

Jeff esperava que as gravações da suposta novela tivessem início em 26 de janeiro. No dia 23, porém, o ator se reuniu com Bruno e Jeander Vinícius da Silva Braga, outro acusado pelo crime. Nesta data, Jeff foi dopado, estrangulado, colocado em um baú e concretado no chão do imóvel alugado.

Nas semanas seguintes ao crime, as investigações da polícia apontaram que Bruno tentou vender a casa e o carro do ator e ainda soltou os cachorros de estimação de Jeff na rua – dois cães morreram, um está perdido e outros cinco foram encontrados abandonados.

Foragido

Bruno de Souza Rodrigues está foragido desde quinta-feira (1), quando saiu o decreto pedindo a prisão temporária do ex-produtor. No sábado (3), o Disque Denúncia divulgou um cartaz pedindo informações sobre o paradeiro de Bruno.

Foto Destaque: Jefferson Machado. Reprodução/Instagram/@jeffmachadocosta

Últimas