Lorena Empresário Phillippe Rubini mostra como WEB3, revolução da internet, revoluciona agronegócio

Empresário Phillippe Rubini mostra como WEB3, revolução da internet, revoluciona agronegócio

“A grande revolução da internet”, Web3 é cenário de evolução no mercado brasileiro e mundial.

Lorena - Notícias
Empresário  Phillippe Rubini mostra como WEB3, revolução da internet, revoluc

Empresário Phillippe Rubini mostra como WEB3, revolução da internet, revoluc

Lorena - Notícias

Já ouviu falar em Web3? Não? Muitos no setor de tecnologia a consideram "a grande revolução da internet". Essa nova rede, abreviada como Web3, permitirá que as máquinas interpretem grandes quantidades de dados. Isso nos permitirá interagir mais profundamente com outros usuários de qualquer plataforma, etc.

Neste "novo capítulo" da Internet, não são necessários mais sistemas operacionais complexos ou grandes “discos rígidos” para armazenar informações, pois absolutamente tudo estará na chamada "nuvem". Além disso, tudo será mais rápido e personalizável.

“Nosso objetivo é levar tecnologia e inovações em todos empreendimentos possíveis que envolvem o grupo”, afirma o empresário e responsável por novos investimentos e  inovar todos os  setores, inclusive do agronegócio com a Web3. Para se ter uma noção, de acordo com o Instituto de Economia Aplicada (IPEA), o setor responde por cerca de 25% do Produto Interno Bruto (PIB) do país quando consideradas todas as cadeias produtivas do agronegócio, como produção, armazenamento e comercialização.

A tecnologia é vital para a expansão da indústria, não só para mecanizar a produção e reduzir custos, mas também para dar soluções aos problemas que surgem. Por exemplo, as safras de 2020 e 2021 foram fortemente afetadas por fatores climáticos incomuns, e uma das principais commodities do país, o milho, sofreu uma praga de cigarrinhas.

Algumas ações, como o uso de sensores e softwares, podem ajudar a lidar com a crise e fornecer soluções aos fabricantes antes que eles percam muito lucro. Pensando justamente nisso,  Phillippe tem inovado na tecnologia Web3 como forma de
avançar cada vez mais o setor do agronegócio, que possibilita os softwares de gestão na nuvem.

O produtor que administra a fazenda em um laptop e agora tem um software super complexo, barato e fácil de usar para que possa ver a fazenda como uma empresa de manufatura a céu aberto.

Nos últimos 30 anos, a inovação aumentou a produtividade da carne no Brasil em 159% e a produção de carne em 122%. Se o Brasil não tivesse adotado o foco em inovação, seriam necessários mais 280,2 milhões de hectares de pastagem para alcançar os mesmos resultados.

Assim como no setor do Agro, hoje o país é responsavel por alimentar cerca de de 1 bilhao de pessoas ao ano, e com a viabilidade de novas tecnologias e essa inovaçoes, poderiamos chegar a alimentar o dobro, sem aumentar 1 centimetro da nossa area produtiva, comentou Phillippe Responsável pelo implemento de tecnologias ligadas ao metaverso, também é CIO doGrupo Fictor, uma holding de participação e investimentos especializada em Gestão Empresarial, com o propósito de alavancar o valor das empresas. Com a “nova transformação da internet”, Phillippe mostra que a Web3 irá revolucionar nossa forma de encarar os futuros negócios!

Foto.Reprodução

Últimas