Lorena Homem que depredou a parede do Coliseu escreve carta com pedido de desculpas

Homem que depredou a parede do Coliseu escreve carta com pedido de desculpas

Ivan Dimitrov, o britânico que depredou o monumento, afirmou na carta que está constrangido e que não sabia que o monumento era tão...

Lorena - Notícias
Homem que depredou a parede do Coliseu escreve carta com pedido de desculpas

Homem que depredou a parede do Coliseu escreve carta com pedido de desculpas

Lorena - Notícias

O turista inglês Ivan Dimitrov, que escreveu na parede do Coliseu na Itália, redigiu uma carta de desculpas endereçada ao prefeito de Roma, Itália, onde fica o monumento. O pedido de desculpas foi publicado pelo jornal italiano il Messaggero.

Ivan afirmou que desconhecia que o monumento fosse tão antigo e que só percebeu a gravidade do que tinha feito após a divulgação nas mídias. Ele escreveu os nomes dele e o da namorada, seguido do ano de 2023. "Através destas linhas, gostaria de dirigir minhas mais sentidas e honestas desculpas aos italianos e ao mundo inteiro pelo dano causado a um bem que, de fato, é patrimônio de toda a humanidade”, disse ele em um trecho da carta.

Na Itália, o turista foi indiciado e está sob investigação de depredação de patrimônio público e histórico, podendo ter uma pena, se condenado, de até cinco anos de prisão e uma multa pesada de até quinze mil euros.

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias
Turista que depredou o Coliseu em Roma, na Itália (Foto: reprodução/Twitter/@tbaghdadi)

O Jornal britânico The Guardian publicou que Ivan foi encontrado pela polícia italiana na cidade de Bristol, na Inglaterra, após cinco dias da publicação do vídeo no Youtube, filmado por outro visitante do Coliseu, que após a filmagem se irritou com o ocorrido e xingou o inglês.

Além de Dimitrov, sua namorada também é investigada e pode se tornar ré como cúmplice do namorado, assim noticiou a imprensa italiana.

O advogado do turista que vandalizou o Coliseu, Alexandro Maria Tirelli, afirmou à publicação italiana que seu cliente é o “Protótipo de estrangeiro que acredita, frivolamente que na Itália tudo é permitido”.

O Coliseu é um monumento datado entre os anos de 70 e 80 d.C. e foi construído durante o governo do imperador Vespasiano e inaugurado no de Tito. O local abrigava além das lutas de gladiadores, espetáculos de teatro e caças a animais selvagens, principalmente leões. Sua capacidade final chegava até a noventa mil espectadores. No ano de 2007 foi eleito como uma das sete maravilhas do mundo moderno.

Foto destaque: Coliseu de Roma é uma das sete maravilhas do mundo. Reprodução/Twitter/@Oglobo

Últimas