Lorena INSS divulga edital de concurso com mil vagas para nível médio

INSS divulga edital de concurso com mil vagas para nível médio

Vagas para o concurso do INSS, que abriu nesta quinta-feira(15), foram divulgadas com salário de R$ 5905,79 para o cargo de técnico de segurança social.

Lorena - Notícias
INSS divulga edital de concurso com mil vagas para nível médio

INSS divulga edital de concurso com mil vagas para nível médio

Lorena - Notícias

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), liberou o edital com mil vagas para técnico de segurança social, com salário de R$5.905,79 nesta quinta-feira (15), concurso muito esperado pelos candidatos. A exigência para a vaga da profissão é o nível médio, ou seja, ensino médio completo. 

O concurso utiliza recursos como a utilização com 90 vagas reservadas para pessoas com deficiência (5% das vagas do concurso) e 202 separadas para pessoas negras (20% das aprovações disponíveis).

Para os candidatos que possuem interesse em prestar para o concurso público do INSS, as inscrições iniciam na próxima sexta-feira, 16 de setembro e seguem disponíveis até o dia 3 de outubro. O valor para a inscrição que poderá ser pago até o dia 21 de outubro (sexta-feira) é de 85 reais. O site para a inscrição é no portal do Cebraspe https://www.cebraspe.org.br/concursos/inss_22.

Post destaque: Divulgação do concurso do INSS. | Instagram/Reprodução: @concursos.oportunidades

Caso o candidato seja aprovado no concurso e ingresse na função, realizará atividades executadas pelos técnicos, como o  atendimento ao público, orientação, informação, ações relacionadas ao reconhecimento de direitos previdenciários e conscientização previdenciária.

Os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais contam com a maior disponibilidade de vagas, com 191 vagas para o RJ, 138 para SP e 122 vagas para MG. 

Para a realização do concurso, serão realizadas provas objetivas e curso de formação. As provas objetivas que acontecem no dia 27 de novembro  terão duração de 3h30 nas cidades das 97 gerências regionais.

Na prova escrita, itens de conhecimentos básicos como as disciplinas de Noções de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Noções de Direito Constitucional, Questões de Informática, Ética no Serviço Público e Raciocínio Lógico-Matemático. Além de solicitar conhecimentos específicos para temas relacionados a legislação previdenciária e benefícios previdenciários.

Já o curso de formação será realizado nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, João Pessoa, Fortaleza, Brasília, Manaus e Belém.

A formação será realizada em divisão de turmas e está ligada à ordem de classificação dos candidatos aprovados na primeira etapa do concurso. Os candidatos que serão convocados para a matrícula no curso serão os classificados nas provas objetivas dentro das 1.000 vagas previstas no edital.

Foto de capa: Agência Brasil. | Site/Reprodução: @agencia.brasil.

Últimas