Lorena Irmã de tripulante morto no submarino afirma que sobrinho não queria ir: "Estava apavorado"

Irmã de tripulante morto no submarino afirma que sobrinho não queria ir: "Estava apavorado"

Rico empresário paquistanês morre em expedição ao Titanic junto com seu filho de 19 anos. Família e universidade lamentam as mortes...

Lorena - Notícias
Irmã de tripulante morto no submarino afirma que sobrinho não queria ir: Estav

Irmã de tripulante morto no submarino afirma que sobrinho não queria ir: Estav

Lorena - Notícias

Em entrevista à rede norte-americana NBC, a irmã do empresário paquistanês Shahzada Dawood, que morreu durante a expedição que levava um submarino até os destroços do Titanic, relatou estar absolutamente desolada após a notícia do óbito. Azmeh Dawood contou também que seu sobrinho, Suleman, de 19 anos, que estava na embarcação não queria ir, mas por conta do seu pai, decidiu participar da aventura. Ela afirmou ainda que o rapaz estava "apavorado".

Durante a entrevista, a irmã do empresário disse também que ele sempre foi obcecado pelo Titanic e sua história durante toda a vida.

Em homenagem ao seu sobrinho, que era estudante da faculdade de Strathclyde, em Glasgow, na Escócia, a Instituição publicou uma nota de pesar pelo falecimento do aluno. No texto, a Universidade relatou estar chocada e profundamente triste com a morte do rapaz e de seu pai.

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

 Suleman Dawood, um dos mortos no incidente envolvendo o submarino desaparecido (Foto: Reprodução/ Redes Sociais )

Além disso, a Instituição ressaltou que a equipe de bem-estar do aluno permanece à disposição para oferecer suporte adequado aos colegas de classe de Suleman e à comunidade Strathclyde em geral neste momento difícil.

Já a Fundação Dawood, que administra as ações filantrópicas da família na área da educação, publicou também uma nota em nome da família na qual eles assumem as mortes e expressam uma profunda dor sobre o caso.

Inclusive, Hussain Dawood, que estava abordo no submarino era um dos homens mais ricos do Paquistão, que liderava um conglomerado que inclui a empresa Engro, especializada em fertilizantes.

A Engro afirmou em um comunicado que está de luto por Shahzada, que era vice-presidente da empresa, e "seu amado filho" Suleman.

O submarino estava desaparecido desde do último domingo (18), quando perdeu contato com o navio. A bordo estavam além de Hussain Dawood, Shahzada Dawood e Suleman, mais duas pessoas. Nesta quinta-feira (22), a empresa responsável pela  expedição ao Titanic, a OceanGate, confirmou a morte dos passageiros. Conforme informações divulgadas pelas autoridades, a embarcação implodiu com a pressão da água.

Foto Destaque: Vítimas que estavam a bordo do submarino. Reprodução/Redes Sociais

Últimas