Lorena Kroger e Albertsons enfrentarão dificuldades em caso de junção de nova rede

Kroger e Albertsons enfrentarão dificuldades em caso de junção de nova rede

A proposta anunciada pela Kroger e Albertsons nesta sexta-feira (14) prevê alteração do modelo de negócio e simultaneamente da forma como os usuários das mais de cinco mil lojas que compõem os dois grupos farão suas compras.

Lorena - Notícias
Kroger e Albertsons enfrentarão dificuldades em caso de junção de nova rede

Kroger e Albertsons enfrentarão dificuldades em caso de junção de nova rede

Lorena - Notícias

Duas das maiores redes de supermercados americanas anunciaram um acordo de fusão e construção de uma nova que valerá aproximadamente 25 milhões de dólares. Este é um acordo que pode mudar o setor do varejo dos Estados Unidos porque o setor varejista ainda é muito forte no setor no país. De acordo com estudos de impacto, a junção entre a Kroger e a rede Albertsons pode ocasionar o surgimento de uma nova concorrência para as gigantes Amazon e Walmart.

Essa decisão poderá mudar a forma com que muitos americanos compram seus mantimentos. Com previsão de ser concluído até 2024, o acordo pode ser o maior do setor nos EUA e a nova rede seria a maior em números de funcionários e lojas em todo país. Além da concorrência com as gigantes Amazon e Walmart, a rede certamente poderá ultrapassar outras gigantes do varejo que atualmente ocupam lugar de destaque.

Post da notícia no Twitter do Theo Wall Street Journal. (Reprodução/Twitter)

As empresas afirmaram também que conseguem atingir 85 milhões de lares e esse resultado caminha junto com o faturamento que planejaram para a gigantesca varejista: mais de 200 bilhões em vendas. Se caso o acordo for concluído será uma das maiores fusões da história do varejo dos EUA – superando a aquisição da Whole Foods pela Amazon em 2017 por 13,7 bilhões de dólares.

As redes estão operando dezenas de cadeias de supermercados, a Kroger com o Ralphs, Harris Teeter, Dillons, Fred Meyer, enquanto Albertsons com a Safeway e Vons. Elas disseram que vão desmembrar quase 400 lojas para formar um novo rival, tudo isso para obter autorização antitruste — conceito proposto em lei que visa combater empresas que se juntam para controlar seu ramo de atuação. Alguns analistas esperam fechamentos de lojas se o acordo for aprovado. Eles dizem que será um obstáculo significativo para superar as barreiras impostas pelo antitruste e competir com empresas pequenas em um dos períodos de maior alta inflação de alimentos em décadas nos Estados Unidos.

Foto Destaque: Imagem de estacionamento e de fachada de uma das lojas da Kroger. Reprodução/Scoot Utterback/Courier Journal

Últimas