Lorena Manifestantes protestam contra a nova reforma da previdência francesa

Manifestantes protestam contra a nova reforma da previdência francesa

Protestos seguem em toda a França. Manifestantes não concordam com a reforma da previdência e pedem a anulação do texto outorgado pelo...

Lorena - Notícias
Manifestantes protestam contra a nova reforma da previdência francesa

Manifestantes protestam contra a nova reforma da previdência francesa

Lorena - Notícias

O governo francês está abalado. Manifestantes seguem protestando pelo 12° dia. Eles pedem o anulamento da nova reforma da previdência outorgada pelo então presidente Emmanuel Macron, reforma essa que terá um dia crucial na sexta-feira.  

As manifestações surgem a partir do momento em que o presidente decidiu, em 16 de março, impor a nova reforma da previdência por decreto. Macron baseou-se na constituição francesa e tomou uma decisão monocrática, que não é necessário aprovação no parlamento, amparado pelo artigo 49.3 da constituição francesa, o que instaurou a fúria nos sindicatos e na maioria do povo francês.  

AFP noticia protestos hoje na França. Foto: Reprodução/Twiter/@AFP

O novo texto modifica a idade mínima que antes era de 62 para 64 anos, até 2030, e o adiantamento para 2027 a exigência de contribuir por 43 e não 42 anos como é agora, para assim conseguirem receber uma pensão completa. 

As manifestações surgiram a partir desse fato, um tanto controverso do presidente francês. No entanto Macron afirma que é fundamental e urgente a nova reforma. "Vocês acham que eu estou gostando de aprovar essa reforma? Não. Quanto mais demoramos mais o déficit vai crescer. Essa reforma não é um luxo, não é um prazer, é uma necessidade".  

O professor de relações internacionais Carlo Cauti traz alguns pontos relevantes para a aprovação da reforma: "A França tem uma dívida pública muito próxima de 150% do PIB, é o dobro do que o Brasil tem. A população francesa segue envelhecendo, não fazem mais filhos, o que acaba afetando a força de trabalho, e a população está vivendo mais, a expectativa de vida na França é em média de 83 anos".  

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Confrontos entre manifestantes e forças de segurança voltaram a ser relatados em várias cidades © Thomas SAMSON / AFP

Hoje, escolas de ensino médio e universidades amanheceram bloqueadas. O país todo está mobilizado, e as manifestações seguem país adentro. O caos está instaurado em Paris. Os manifestantes não cessam os protestos nas ruas parisienses. 

Segundo a Agence France-Presse (AFP), alguns especialistas acreditam que não haverá a anulação total do texto da nova reforma previdenciária.  

Foto detaque: 'Não': o Ministério do Interior disse que 380.000 pessoas participaram de comícios em todo o país © Damien MEYER / AFP

Últimas