Lorena Preço do etanol caí em 18 estados e no Distrito Federal

Preço do etanol caí em 18 estados e no Distrito Federal

Segundo a pesquisa Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, o Piauí apresentou maior queda percentual na semana...

Lorena - Notícias
Preço do etanol caí em 18 estados e no Distrito Federal

Preço do etanol caí em 18 estados e no Distrito Federal

Lorena - Notícias

Os preços do etanol hidratado caíram em 18 estados e no Distrito Federal; subiram em sete estados e ficaram estáveis em Alagoas, entre 26 de março e 1º de abril. O levantamento foi realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias
Etanol (Foto: Reprodução/New Rondônia)

Nos postos pesquisados pela ANP no país, o preço médio do etanol caiu 0,77%, de R$ 3,92 para R$ 3,89 o litro.

Em São Paulo, a cotação média caiu 0,53% na semana, de R$ 3,79 para R$ 3,77.

O Piauí foi o estado que apresentou maior queda porcentual na semana, de R$ 4,69 para R$ 4,47 o litro.

Já o Ceará foi o estado que apresentou maior alta de preços na semana, equivalente a 2,1%, de R$ 4,60 para R% 4,70 o litro.

O preço mínimo do etanol em um posto foi de R$ 3,14 o litro, em São Paulo. O maior preço estadual foi em Alagoas, com R$ 6,50.

Já o menor preço registrado foi no Mato Grosso, com R$ 3,63, enquanto o maior preço médio foi no Amapá, com R$ 5,07 o litro.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no país subiu 264%. Na variação mensal, não houve baixa do biocombustível em nenhum estado.

Etanol x Gasolina

O etanol ficou competitivo em relação à gasolina somente no Estado do Amazonas e no Mato Grosso. No restante, continua mais vantajoso abastecer o veículo com gasolina.

O etanol está com paridade de 71,14% ante a gasolina, portanto desfavorável em comparação com o petróleo. No Amazonas, a paridade estava em 67,07% e, em Mato Grosso, a paridade estava em 66,54%.

Executivos do setor notaram que o etanol pode ser competitivo mesmo com paridade maior do que 70%, a depender do veículo em que o biocombustível é utilizado.

Foto destaque: Etanol. Reprodução/ Minutos Seguros

Últimas