Lorena Tina Turner ganha exposição fotográfica sobre sua trajetória em museu de SP

Tina Turner ganha exposição fotográfica sobre sua trajetória em museu de SP

Museu da Imagem e do Som em São Paulo, trará exposição da grande cantora Tina Turner ao Brasil. Artista faleceu nesta quarta-feira (...

Lorena - Notícias
Tina Turner ganha exposição fotográfica sobre sua trajetória em museu de SP

Tina Turner ganha exposição fotográfica sobre sua trajetória em museu de SP

Lorena - Notícias

A exposição "Tina Turner: uma viagem para o futuro" está disponível no Museu da Imagem e do Som (MIS) e ficará presente até o dia 9 de julho. A mostra traz fotografias inéditas da carreira e acompanha sua trajetória. Tina era cantora, dançarina e atriz suíça. Pode-se dizer que seu sucesso foi capturado por diversas câmeras durante sua carreira. Em 1988, a cantora fez um show histórico no Maracanã que entrou para o livro dos recordes (Guinness World Records). Mais de 188 mil pessoas estavam presentes no estádio. A exibição é para celebrar a história de Tina, também conhecida como rainha do rock, que faleceu nesta quarta-feira (24) aos 83 anos.

Esta é a primeira vez que o Brasil receberá a exposição das imagens tiradas por Bob Gruen, Ebet Roberts, Ian Dickson e Lynn Goldsmith. Foram produzidas cerca de 120 fotografias que mostram a vida da cantora dentro e fora dos palcos. Turner marcou a indústria da música, tornando-se uma grande artista. Ela ganhou 12 Grammys e tem mais de 200 milhões de discos vendidos em todo o mundo. Além disso, inovou o universo da moda com seu jeito único de se vestir e atuou em diversos filmes, como o indicado ao Oscar Mad Max.

André Sturm, diretor do MIS-SP, ressaltou durante coletiva que Tina é um ícone que transcendeu décadas e que sua relevância impactou o mundo. "Ela é uma mulher negra que, aos 40 anos, se reinventou de uma maneira feminina, sexy, cheia de energia, de suor e de felicidade, e com músicas muito potentes. Quem não a conheceu terá aqui a chance de se empolgar com essa mulher extraordinária", declarou.

A co-realizadora da exibição, Lia Vissotto, também comentou sobre a emocionante mostra da artista, relembrando a força e potência de seu nome. A cantora deixa um legado que irá transcender gerações. A exposição é uma chance para que a nova geração conheça um pouco da história de Tina. "A exposição da Tina Turner é como uma oportunidade de você estar em um show dela. A maior parte das imagens foi feita no palco. E o palco é o espaço de criação dela, de liberdade", comentou uma das curadoras da exposição, Adriana Couto.

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias
Exposição no MIS/Redes sociais/Reprodução

História:

A exposição está organizada em quatro partes que representam fases da vida da cantora. 

Seu poder feminino; Carreira musical; Participação no cinema; Seu estilo. 

Não necessariamente nesta ordem. A curadora informa que as fotografias não foram separadas por ordem cronológica, mas em nichos da vida de Tina. A entrada no museu custa em torno de R$20 por pessoa. Contudo, às terças-feiras o ingresso é gratuito.

Foto destaque: Tina Turner em Show/Ebet Roberts/Estadão/Reprodução

Últimas