Lorena Ucrânia considera fechar usina nuclear de Zaporizhzhia

Ucrânia considera fechar usina nuclear de Zaporizhzhia

A Ucrânia está considerando fechar a usina nuclear de Zaporizhzhia devido à deterioração da situação de segurança,O diretor da AIEA, Rafael Grossi, afirmou que sua delegação busca "evitar um acidente nuclear" na usina.

Lorena - Notícias
Ucrânia considera fechar usina nuclear de Zaporizhzhia

Ucrânia considera fechar usina nuclear de Zaporizhzhia

Lorena - Notícias

A Agência de energia atômica da ONU fez um apelo em seu último relatório, para a criação de uma zona desmilitarizada em torno do complexo nuclear de Zaporizhzhia, ocupado pela Rússia, na Ucrânia. 

"Embora o bombardeio em curso ainda não tenha desencadeado uma emergência nuclear, continua a representar uma ameaça constante à segurança e à proteção nuclear com impacto potencial em funções críticas de segurança que podem levar a consequências radiológicas com grande importância em termos de segurança" disse.

Especialistas encontram grandes danos na usina, que está nos campos de guerra da Ucrânia.

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Lorena - Notícias

Membros de comboio da AIEA reunidos (Foto: Reprodução/ CNN BRASIL)

Um comboio de 20 veículos, e uma ambulância, se estabeleceu na cidade de Zaporizhzhia na tarde desta quarta-feira, segundo jornalistas da AFP no local. A usina, porém, fica localizada na cidade próxima de Enerhodar.

O diretor da AIEA, afirmou que sua delegação busca "evitar um acidente nuclear" na usina ucraniana.

"É uma missão que visa evitar um acidente nuclear e preservar esta importante usina nuclear, a maior da Europa", disse Grossi a repórteres.

 A usina nuclear que está na linha de frente entre as forças ucranianas e russas, trocam acusações sobre os bombardeios. significa que os inspetores da agência da ONU devem cruzar a linha de frente com garantias de segurança de ambos os lados.

 Desde março está sob controle da Rússia que, segundo Kiev, teria mobilizado centenas de soldados e munição armazenada em suas instalações. E nesta quarta-feira as autoridades ucranianas acusaram a Rússia de bombardear Enerhodar, uma cidade que fica localizada em frente à usina, que antes da guerra tinha 50.000 habitantes.

Pelo telegram, Evhen Yevtushenko, o chefe do governo Nikopol, afirmou "A situação com essas provocações é perigosa."

A Ucrânia pediu à Rússia que interrompesse os bombardeios no caminho até a central nuclear, a ideia da agência é manter uma equipe trabalhando no local e respondendo para esse órgão.

Com o conflito sem data para acabar, os ministros da Defesa da União Europeia, se reuniram essa semana em Praga, e começaram a planejar um programa de treinamento para os soldados.

 Foto Destaque: Usina Nuclear Zaporizhzhia. Reprodução/ CNN BRASIL.

Últimas