Novo Coronavírus

Minas Gerais A partir de hoje, 93% das empresas de BH podem voltar a funcionar

A partir de hoje, 93% das empresas de BH podem voltar a funcionar

Prefeitura autorizou a abertura de parte do comércio não essencial contemplado na fase 1 da reabertura, que inclui 69 mil postos de trabalho

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Novidade é reabertura dos shoppings em BH

Novidade é reabertura dos shoppings em BH

Multiplan / Divulgação

A partir desta quinta-feira (6), mais 20 mil empresas e 51 mil MEIs (Microempreendedores individuais) de Belo Horizonte poderão abrir suas portas após 38 dias fechados.

Visando as vendas do Dia dos Pais, no próximo domingo (9), a prefeitura autorizou que parte do comércio não essencial da capital mineira, incluindo shoppings centers, pudessem abrir as portas por três dias seguidos e fechar pelos quatro dias seguintes. 

Cerca de 500 lojas de shoppings não irão reabrir na Grande BH

De acordo com o Executivo, a fase 1 representa mais 69 mil postos de trabalho na iniciativa privada — o que significa 7,7% do total. Na fase de controle, em que BH estava desde o dia 29 de junho, o total de comércios autorizados a abrir as portas era de 82%. Agora, são 93,4%. 

O anúncio da reabertura de parte do comércio não essencial em Belo Horizonte foi feito nesta terça-feira (4) pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD), que disse que há uma "janela" de oportunidade que permite que a cidade faça a flexibilização. 

Quem poderá abrir?

As regras para reabertura de parte do comércio não essencial na fase 1 incluem mudança de horários de funcionamento e fechamento das atividades por quatro dias seguidos. 

1) Entre 6 e 8 de agosto:

• Estabelecimentos de rua, centros de comércio e galerias de lojas: entre 11h e 19h
• Comércio atacadista da cadeia do comércio varejista da Fase 1 (incluindo vestuário): entre 11h e 19h

• Cabeleireiros, manicures e pedicures: entre 11h e 20h

• Shopping centers, centros de comércio e galerias de lojas (exceto praça de alimentação, que podem funcionar por delivery ou retirada): entre 12h e 20h 

2) Entre 7 e 9 de agosto

• Atividades no formato drive-in: de 14h às 23h

3) A partir de 12 de agosto:

• Estabelecimentos de rua, centros de comércio e galerias de lojas: entre 11h e 19h

• Comércio atacadista da cadeia do comércio varejista da Fase 1 (incluindo vestuário): entre 11h e 19h

• Cabeleireiros, manicures e pedicures: entre 11h e 20h

• Shopping centers, centros de comércio e galerias de lojas (exceto praça de alimentação, que podem funcionar por delivery ou retirada): entre 12h e 20h

• Atividades no formato drive-in: sexta a domingo, das 14h às 23h 

Últimas