Novo Coronavírus

Minas Gerais Academias podem abrir em 796 das 853 cidades de MG, diz governo

Academias podem abrir em 796 das 853 cidades de MG, diz governo

Municípios estão nas regiões liberadas para a onda amarela; medida foi possível após governo mudar contagem de vagas em hospitais

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Atividades físicas estão liberadas na onda amarela

Atividades físicas estão liberadas na onda amarela

Reprodução / Freepik

Ao menos 796 das 853 cidades de Minas Gerais já estão aptas a reabrir academias, lojas de roupas e autoescolas.

A informação foi divulgada pelo Governo Estadual, na tarde desta quinta-feira (27). Estes municípios são os aqueles que já podem estar na segunda fase (onda amarela) do programa Minas Consciente, que determina normas para flexibilização do isolamento social.

A partir deste sábado (29), as regiões de saúde Noroeste, Central, Vale do Aço e Jequitinhonha, que estavam na primeira fase (onda vermelha) poderão avançar dentro do plano. Assim, apenas a região Nordeste, com 57 municípios, se manterá na fase vermelha.

Fernando Passalio, secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, explicou durante coletiva nesta tarde que a liberação dos municípios foi possível graças a mudanças feitas pelo governo na forma de contabilizar a capacidade de atendimento médico.

— Só foi possível fazer isto nesta semana porque, após muito estudo, foi possível considerar os leitos da rede suplementar [hospitais particulares] nos indicadores. Minas Gerais tem a terceira maior cobertura do país. São 700 leitos de UTI (unidade de tratamento intensivo) apenas na rede privada.

Embora o número de cidades na onda amarela seja de quase 800, nem todas aderiram ao programa. Segundo Passalio, são 563 municípios integram o plano atualmente, cobrindo uma área com 13 milhões de habitantes.

Com o avanço de regiões permitido nesta semana, cidades como Betim e Nova Lima poderão liberar o funcionamento de lojas e academias.

Últimas