Minas Gerais Advogado é preso ao tentar passar bilhete para preso e ofender agente

Advogado é preso ao tentar passar bilhete para preso e ofender agente

Suspeito desacatou a vítima após realizar um ato ilegal enquanto atendia um detento; advogado prestou depoimento à Polícia Civil e foi liberado 

Caso aconteceu dentro do Ceresp Gameleira

Caso aconteceu dentro do Ceresp Gameleira

Reprodução / Google Street View

Um advogado foi preso em flagrante suspeito de desacatar um agente penitenciário dentro do Ceresp (Centro de Remajenamento do Sistema Prisional) Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira (6).

Segundo a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), o advogado tentou passar um bilhete para um preso, durante uma conversa com o detento. A ação, que segundo a secretaria, é ilegal e infringe as normas de segurança do local, foi vista por um agente penitenciário, de 39 anos.

Ainda de acordo com a Sejusp, o agente alertou o suspeito de que ele estava cometendo uma infração e foi insultado pelo advogado.

De acordo com a Polícia Civil, o advogado foi preso e levado para prestar depoimento na Central de Flagrantes do Barreiro e liberado logo em seguida. A Polícia Civíl instaurou um procedimento para apurar o caso.

A corporação disse, ainda, que foi feito um Registro de Evento de Defesa Social (Reds), e que as investigações prosseguem na 1ª Delegacia de Polícia Civil do Barreiro.

Por meio de nota, a Sejusp informou que "não compactua com o comportamento e atitudes do profissional e que as suas unidades prisionais possuem relações estreitas e de parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, sempre prezando pelo melhor atendimento aos profissionais do Direito".

*Estagiário do R7 sob supervisão de Pablo Nascimento

Últimas