Agente penitenciário preso por tráfico em presídio é desligado

Julio Soares Fiiho foi preso em flagrante na quarta-feira (17) após receber droga que deveria ser levado para dentro de presídio em Ribeirão das Neves

Agente foi detido na quarta-feira (20)

Agente foi detido na quarta-feira (20)

Reprodução/RecordTV Minas

Um agente penitenciário preso por suspeita de tráfico de drogas dentro de uma penitenciária na região metropolitana de Belo Horizonte na última quarta-feira (17) foi desligado do cargo. 

A demissão do policial penal Julio Soares Filho foi publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (20). De acordo com a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) ele continuará tendo sua conduta apurada pela Corregedoria da pasta para que o desligamento seja convertido em "demissão a bem do bem serviço público". Dessa forma, o Governo do Estado evita que ele possa, no futuro, ser contratado novamente em algum cargo no serviço público. 

De acordo com a Sejusp, a exoneração demonstra "compromisso com a correição de seus servidores e com a missão de custódia e ressocialização dos detentos". A pasta afirmou ainda que "não compactua com quaisquer desvios de conduta e tem o compromisso de conduzir com prioridade e celeridade a apuração de ocorrências envolvendo ilícitos, nos termos da lei".

Tráfico

O agente penitenciário Julio Soares Filho foi preso em flagrante na última quarta-feira (17) após denúncia anônima. Ele é suspeito de entregar droga em seu local de trabalho, a penitenciária José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves. 

Ele foi preso depois de ter recebido uma encomenda de um quilo de maconha escondido em embalagens de achocolatado, uma pistola e R$ 35 mil. Os militares aguardaram o momento em que um carro se encontrou com Julio, que estava de motocicleta. Todos foram presos.