Novo Coronavírus

Minas Gerais Após 120 dias de isolamento, comerciantes protestam em BH

Após 120 dias de isolamento, comerciantes protestam em BH

Donos de comércios pedem previsão de retorno das atividades para a Prefeitura de Belo Horizonte; bares e restaurantes estão há 4 meses sem abrir

Manifestação ocorre na Praça da LIberdade

Manifestação ocorre na Praça da LIberdade

Akemi Duarte/RecordTV Minas

Comerciantes e representantes de associações de classe fazem uma manifestação na tarde desta quarta-feira (22) pela reabertura dos estabelecimentos em Belo Horizonte. O protesto ocorre na praça da Liberdade e é encabeçada pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes).

Foi essa entidade que conseguiu, nesta semana, na Justiça, uma liminar que autoriza a abertura de bares e restaurantes na capital mineira. A decisão contraria até mesmo o próprio Tribunal de Justiça. 

Os donos de comércios de Belo Horizonte criticam a postura da Prefeitura de Belo Horizonte e exigem uma previsão de datas para que possam ter uma ideia de quando os estabelecimentos poderão voltar a funcionar. A manifestação tem como mote:" que dia BH vai voltar?". 

Socorro aos empresários

Segundo os dados da Abrasel, 25% dos bares e restaurantes fechou em definitivo. "Exigimos dos governos municipais, estaduais e federal as medidas de socorro aos empresários de todo o país e, principalmente, deste setor, que foi um dos setores mais atingidos pela crise do coronavírus", diz o manifesto. 

Últimas