Coronavírus

Minas Gerais Após 228 dias, BH conclui aplicação da 1ª dose em adultos neste sábado

Após 228 dias, BH conclui aplicação da 1ª dose em adultos neste sábado

Quase 82% do público-alvo recebeu a primeira dose e 43% estão totalmente imunizados; BH se prepara para atender adolescentes

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

Adolescentes e reforço são próximas etapas da PBH

Adolescentes e reforço são próximas etapas da PBH

Reprodução / Freepik

Após 228 dias de campanha, Belo Horizonte vai concluir, neste sábado (4), a aplicação da primeira dose da vacina contra a covid-19 nos moradores com 18 anos.

A imunização na capital mineira teve início em 19 de janeiro, um dia após o Governo de Minas receber a primeira remessa de vacinas contra a doença. Após a aplicação nos profissionais de Saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia, a campanha começou a atender os idosos e, na sequência, o público com comorbidades. Depois, vieram outras categorias prioritárias e a população em geral.

De acordo com os últimos dados divulgados pela prefeitura, quase 82% do público-alvo da campanha recebeu a primeira dose e 43% recebeu a segunda dose. A categoria inclui, além dos moradores com idade igual ou superior a 18 anos, aquelas pessoas que moram em outras cidades mas trabalham na capital mineira.

O médico infectologista Unaí Tupinambás, membro do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 na capital mineira, celebrou os números alcançados pela campanha de vacinação e os reflexos causados nos índices de monitoramento da doença, que estão no ‘nível verde’ há 11 dias. Apesar disso, o especialista ressalta que o momento atual não permite que a população tenha um “relaxamento”.

— Diante da variante Delta, que nos ameaça desde julho, nós precisamos tomar a segunda dose da vacina. Se a pessoa teve reações e tem medo de sofrer com isso novamente, ela deve lembrar que as reações adversas da vacinação são menos ameaçadoras do que a doença. Só assim a gente vai sair dessa crise humanitária.

Próximos passos

A prefeitura anunciou, nesta sexta-feira (3), que a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos vai começar na próxima segunda-feira (6). A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar cerca de 210 mil jovens nesta faixa etária, incluindo aqueles que não possuem doenças preexistentes. O grupo será atendido com doses da Pfizer, única marca aprovada no país para uso em menores de idade.

Já a administração da terceira dose em idosos depende da comunicação oficial do Ministério da Saúde. A prefeitura informou que, apesar dos anúncios feitos pelos Governos Federal e Estadual, essa próxima etapa precisa ser oficializada pela pasta. Segundo o executivo, a cidade está prepara para avançar na campanha.

Números

Até esta quinta-feira (2), Belo Horizonte já havia recebido 3.339.186 vacinas contra a covid-19. Destas, 1.863.420 foram administradas como primeira dose e 953.071, como segunda dose. Outras 58.854 pessoas receberam a vacina da Janssen, de dose única. Quase 20% das pessoas imunizadas moram em outras cidades mineiras e foram atendidas por trabalharem na capital.

Confira o avanço da vacinação pelo país:

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Flávia Martins y Miguel.

Últimas