Coronavírus

Minas Gerais Após fechamento, Prefeitura de BH se reúne com donos de academia

Após fechamento, Prefeitura de BH se reúne com donos de academia

Setor, considerado não essencial pela prefeitura, está impedido de funcionar a partir desta segunda-feira (11)

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Representantes de academias fizeram um protesto na porta da prefeitura na sexta-feira (8)

Representantes de academias fizeram um protesto na porta da prefeitura na sexta-feira (8)

Reprodução / Record TV Minas

Representantes de academias se reuniram com secretários municipais de Belo Horizonte no fim da tarde e começo da noite desta segunda-feira (11), no primeiro dia em que passarram a valer regras mais rígidas para o funcionamento de estabelecimentos não essenciais na cidade. Pelas novas regras, as academias não podem abrir as portas na capital. 

De acordo com a prefeitura, o segmento ficou de apresentar propostas de ajustes nos protocolos de funcionamento das academias. As sugestões devem ser enviadas até a próxima semana e serão analisadas pelo Comitê de Enfrentamento à Epidemia de Covid-19. 

Segundo o representante do Sindicato das Academias, Gustavo Fleming, a ideia é apresentar propostas mais rígidas para as próximas semanas, enquanto durar a fase de fechamento do comércio na cidade.  

- Nós perguntamos para a prefeitura se haveria espaço para apresentarmos algum documento, para tentar sermos um pouco mais rígidos para abertura já na semana que vem. 

Participaram da reunião, os secretários André Reis (Planejamento, Oçamento e Gestão), Maria Caldas (Política Urbana) e Desenvolvimento Econômico (Cláudio Beato), além do vereador Juliano Lopes e donos de academias. 

Os representantes fizeram um protesto na porta da Prefeitura de Belo Horizonte na última sexta-feira (8), quando o Executivo publicou o decreto que detalhava as regras para o fechamento do comércio. 

A prefeitura adiantou que qualquer movimentação no sentido da liberação depende de melhoria em índices epidemiológicos e assistenciais.

Outras reuniões

A Prefeitura reúne, nos próximos dias, com representantes de outras entidades. Confira: 

Terça- feira (12) às 14h: Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), AMIS (Associação Mineira de Supermercados), Associação Hipercentro, CMI/Secovi (Sindicato do Mercado Imobiliário de Minas Gerais) e CDL-BH (Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte).  

Quarta-feira (13) às 14h: ACMinas (Associação Coemrcial de Minas Gerais).

De acordo com o Executivo municipal, as reuniões tem como objetivo "construir conjuntamente alternativas e soluções para tentar minimizar os impactos da pandemia".

Últimas