Minas Gerais Após fugir da polícia pulando em lagoa, "Aquaman" é preso em MG

Após fugir da polícia pulando em lagoa, "Aquaman" é preso em MG

Condenado há 18 anos de prisão por dois homicídios, homem estava foragido desde o ano passando, quando escapou nadando por uma lagoa

  • Minas Gerais | Regiane Moreira, da RecordTV Minas

Homem saltou de uma varanda e fugir a nado por uma lagoa

Homem saltou de uma varanda e fugir a nado por uma lagoa

Reprodução/RecordTV Minas

A Polícia Civil prendeu um homem de 35 anos que estava foragido há mais de um ano e que foi condenado duas vezes por homicídio. Em maio do ano passado, ele ficou conhecido como "Aquaman", depois que se jogou em uma lagoa e atravessou o local a nado para fugir de dois policiais à paisana.  

O homem estava trabalhando como jardineiro em um condomínio residencial localizado próximo à penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ao todo, "Aquaman" acumula 18 anos de prisão em duas condenações e responde por cinco assassinatos.  

O delegado Alexandre Fonseca relembra a primeira fuga do homem.

— Ele é muito arisco, percebeu a presença dos policiais e empreendeu uma fuga espetacular, dando um salto nessa lagoa. Lá tem umas pedras e, para não cair de cabeça ele apoiou nas duas mãos, deu uma cambalhota e fugiu nadando. 

Segundo a polícia, todos os crimes têm relação com o tráfico de drogas no aglomerado Cabana do Pai Tomaz, região Oeste de Belo Horizonte.

— Ele é condenado por crimes praticados até 2007, na gangue do São Geraldo. Todos eles foram motivados por desavenças em decorrência de disputas por territórios do tráfico de drogas.

A polícia não teve mais notícias do homem, desde maio do ano passado fuga. Até que, há poucos dias, chegou à delegacia a informação de que ele havia retornado para o mesmo condomínio na cidade de Contagem.

O delegado montou uma equipe com 30 policiais e voltou ao local.

— Ele tem parentes que moram nesse condomínio, se instalou em uma casa dos fundos. Depois que confirmamos a presença dele lá executamos toda uma logística para impedir a fuga dele. Mesmo assim ele percebeu nossa movimentação e estava se preparando para fugir pelos fundos, quando foi neutralizado.

Na casa do Aquaman os policiais encontraram três carteiras de motoristas falsas e até mesmo uma carta da administração do condomínio elogiando os trabalhos do foragido.

Volta delegado irado com isso

Últimas