Novo Coronavírus

Minas Gerais Asilo em Minas confirma mais duas mortes por covid e total chega a 15

Asilo em Minas confirma mais duas mortes por covid e total chega a 15

Mais de 100 residentes e funcionários do asilo em Unaí (MG) já foram infectados pelo novo coronavírus; três idosos continuam internados

Asilo em Unaí (MG) tem 15 óbitos e 101 infectados pela covid

Asilo em Unaí (MG) tem 15 óbitos e 101 infectados pela covid

Reprodução / Facebook

O Abrigo Frei Anselmo, na cidade de Unaí, a 590 km de Belo Horizonte, registrou mais duas mortes por covid-19 entre a noite de segunda (10) e a madrugada desta terça-feira (11). No total, já são 15 óbitos confirmados.

Ambos os idosos tinham doenças preexistentes, como hipertensão, hiperplasia de próstata, sequelas de AVC e demência senil, sendo que um deles estava internado desde o início do mês passado.

No final de julho, o asilo havia se tornado um foco de contaminação pelo novo coronavírus, com 65 idosos e 17 funcionários infectados. De acordo com o último boletim divulgado pela instituição, já são 78 idosos e 23 trabalhadores com o teste positivo.

A instituição, que é vinculada a Sociedade de São Vicente de Paulo, também confirmou que 42 idosos e 20 funcionários já foram curados, mas três residentes continuam internados.

Covid em asilos

Um outro asilo vinculado a Sociedade São Vicente de Paula também se tornou foco do novo coronavírus. No dia 30 de julho, o abrigo, localizado em Alfenas, município a 346 km de Belo Horizonte, confirmou que tinha 19 mortes por covid-19 entre seus residentes, mais de 90% do total de óbitos da cidade.

Questionado sobre o assunto, o prefeito de Alfenas, Luiz Antonio da Silva (PT), ressaltou que a prefeitura estava realizando testes, mas afirmou que "metade dessas mortes aconteceriam mesmo sem covid".

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel
 

Últimas