Novo Coronavírus

Minas Gerais Asilo em Unaí (MG) tem 65 idosos com covid e 8 óbitos confirmados

Asilo em Unaí (MG) tem 65 idosos com covid e 8 óbitos confirmados

Unidade também tem 17 funcionários infectados; segundo a direção do abrigo, todas as medidas de prevenção estão sendo tomadas

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

65 idosos infectados e 8 mortos em asilo em Unaí (MG)

65 idosos infectados e 8 mortos em asilo em Unaí (MG)

Reprodução / Facebook

O Abrigo Frei Anselmo, na cidade de Unaí, a 590 km de Belo Horizonte, se tornou um foco de contaminação por covid-19. No total, 65 idosos testaram positivo para a doença e oito morreram. Ao menos 17 funcionários do asilo também foram infectados.

Segundo nota divulgada pela unidade, o primeiro infectado seria um cuidador que foi acompanhante de uma idosa internada no Hospital Municipal de Unaí. No mesmo quarto, havia uma senhora que testou positivo para o coronavírus dias depois.

No dia 18 de julho, o cuidador em questão começou a apresentar sintomas de gripe e foi afastado do trabalho. Dias depois, vários funcionários e residentes do asilo começaram a apresentar sintomas da doença e os casos de contaminação comunitária transformaram o asilo em um foco de covid-19.

Veja: Com 30 profissionais com covid, UPA Barreiro virou foco, diz sindicato

Entre os dias 16 e 20 de julho, foi realizado um mutirão de testes no abrigo, que confimaram que 65 dos 100 idosos residentes estavam contaminados e 17 dos 52 funcionários também tiveram teste positivo.

De acordo com o abrigo, que é vinculado à Sociedade de São Vicente de Paulo, a unidade estaria respeitando todas as recomendações das autoridades sanitárias. Em nota, o Asilo Frei Anselmo pediu apoio da sociedade.

"Aos familiares e amigos dos 98 residentes [...] pedimos orações. Neste momento precisamos de muita força", diz a nota. 

Segundo o último boletim divulgado nesta terça-feira (28), Unaí tem 1.105 casos confirmados, 15 óbitos por covid-19 e 912 curados da doença.

Últimas