Minas Gerais Atendente é hospitalizado após comer bolo de maconha

Atendente é hospitalizado após comer bolo de maconha

Alimento foi dado por um sobrinho da vítima

Atendente é hospitalizado após comer bolo de maconha

Vítima foi hospitalizada

Vítima foi hospitalizada

Reprodução / RecordTV Minas

Um atendente de telemarketing foi parar no hospital após ingerir um bolo feito com maconha em Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Lindomar Lopes ganhou o alimento de um sobrinho, que segundo ele, teria tentado matá-lo.

Lopes estava na padaria, no início da manhã, o sobrinho Leonardo Lopes, de 22 anos, quando o sobrinho chegou oferecendo o pedaço de bolo. Aproximadamente 40 minutos depois Lopes começou a passar mal e precisou ser levado para o hospital.

Assista à RecordTV, ao vivo, pelo R7

Após receber atendimento médico, a vítima contou que sentiu cheiro e gosto diferentes ao comer o bolo, mas, ainda assim, ingeriu o alimento assim que o ganhou. Lopes relatou que no dia anterior teve uma discussão com o sobrinho. Após ser localizado, o jovem foi levado para a delegacia para explicar o que teria usado para fazer o bolo. Segundo a PM (Polícia Militar), o jovem confessou que esfarelou uma porção de maconha e pediu para uma pessoa fazer o bolo com o pó.

De acordo com a polícia, o rapaz confessou, ainda, que ofereceu o alimento para outras pessoas além do tio. Lopes foi atendimento no hospital da cidade e precisou de passar por uma limpeza estomacal. A ocorrência que foi iniciada como tentativa de homicídio foi finalizada como adulteração de alimento.

    Access log