Minas Gerais Atendimento do SAMU por covid em BH sobe pela 4ª semana seguida

Atendimento do SAMU por covid em BH sobe pela 4ª semana seguida

Foram 394 atendimentos na última semana, contra 380 na anterior; alta nos indicadores da pandemia faz Prefeitura de BH recuar na flexibilização

  • Minas Gerais | Célio RIbeiro*, do R7

Já são quatro semanas de alta nos atendimentos do SAMU

Já são quatro semanas de alta nos atendimentos do SAMU

Marcus Ferreira/Agência Minas

O atendimento de casos suspeitos da covid-19 no SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Belo Horizonte já acumula quatro semanas consecutivas de alta.

Segundo dados do boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, foram realizados 394 atendimentos de casos suspeitos do novo coronavírus entre os dias 29 de novembro e 4 de dezembro. Foram 14 atendimentos a mais do que a semana anterior, quando foram realizados 380 atendimentos.

Veja: Covid no esgoto de BH bate recorde e estimativa é de 1 mi de casos

Apesar das altas consecutivas, o número ainda é bem menor do que o recorde registrado na capital. Entre os dias 5 e 11 de julho, o SAMU atendeu 775 casos suspeitos da covid-19.

Covid-19 em BH

Desde o início da pandemia, Belo Horizonte já registrou 1.685 óbitos e 55.170 testes positivos da covid-19, além de 51.373 pessoas curadas e 2.652 pacientes em acompanhamento.

A ocupação de leitos de terapia intensiva e a taxa de transmissão, considerados os dois principais indicadores da pandemia, estão no nível de alerta.

Veja: Prefeitura de BH fecha 11 bares por aglomeração no fim de semana

Os aumentos recentes nas taxas fizeram com que a prefeitura recuasse em algumas flexibilizações. A partir desta segunda (7), está proibido o consumo de bebidas alcoólicas nos bares e restaurantes de BH. Eventos gastronômicos, espetáculos e shows também foram proibidos.

 *Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas