Atendimentos por covid pelo Samu de BH caem pela 4º semana seguida

Após registrar recorde de alta, atendimentos seguem caindo; taxa de transmissão por infectado chega a 0,85 e indica queda na propagação

Atendimentos do Samu caem pela 4º semana seguida em BH

Atendimentos do Samu caem pela 4º semana seguida em BH

Divulgação / Agência Minas / Beto Oliveira

O número de atendimentos de casos suspeitos da covid-19 pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Belo Horizonte registrou queda pela quarta semana consecutiva. É o que aponta o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (10) pela Secretaria Municipal de Saúde.

Na semana dos dias 5 e 11 de julho foram registrados 775 atendimentos, número recorde após 10 altas seguidas. Desde então, foram quatro quedas seguidas. Na última semana, entre os dias 2 e 8 de agosto, foram 506 atendimentos, uma redução de quase 35% em relação à semana em que foi registrado o recorde.

Veja: Belo Horizonte já tem mais de 1.000 profissionais de saúde com covid-19

Transmissão

A taxa de transmissão por infectado, conhecido como Rt, também está em queda. Após ficar em 0,87 na última sexta-feira (7), o índice chegou a 0,85. Segundo os especialistas do Comitê de Enfrentamento à Epidemia da COVID-19, quando o Rt está abaixo de 1, significa uma tendência de queda do número de transmissões.

Em comparação com o boletim anterior, que havia sido divulgado na última sexta-feira (7), Belo Horizonte registrou mais 19 óbitos por covid-19 e mais 100 casos confirmados.

No total, Belo Horizonte já registrou 24.536 casos confirmados e 671 mortes pelo novo coronavírus. O número de recuperados chegou a 21.850.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli