Minas Gerais Avó sai para passear com neta em "coleira" e revolta moradores em Divinópolis

Avó sai para passear com neta em "coleira" e revolta moradores em Divinópolis

A Polícia Militar recebeu mais de 50 denúncias sobre o caso

O jeito com que uma mulher passeava com a neta na tarde desta quinta-feira (23) em Divinópolis, na região central de Minas, chamou a atenção de muitos moradores da cidade. A avó, de 56 anos, usava uma espécie de coleira para controlar a menina, de apenas dois anos de idade. O caso foi parar na Delegacia de Polícia.

Segundo o sargento Márcio Lima, a avó amarrou a alça de uma bolsa na cintura da criança e saiu para fazer compras em um supermercado no centro de Divinópolis. Indignados, os clientes acionaram a Polícia Militar. Foram mais de 50 denúncias. Aos militares, a mulher justificou o ato.

— Ela disse que fez isso para a menina não se perder e nem ser atropelada.

Leia mais notícias no R7 MG

A matriarca da família contou que criou todos os filhos desse jeito. A mãe da menina “encoleirada” afirmou não saber que a criança era tratada assim. Apesar da polêmica, a neta não apresentava ferimentos nem sinais de maus tratos.

A avó e mãe foram levadas para a delegacia para prestar esclarecimentos. O Conselho Tutelar também foi acionado e vai acompanhar o caso. A polícia ainda não sabe se a mulher vai ficar detida ou se será liberada.

Últimas