Balanço Geral MG Analista sofre injúria racial em posto de combustíveis de BH

Analista sofre injúria racial em posto de combustíveis de BH

Discussão começou quando uma mulher, usando uma ‘muleta’, exigiu prioridade no atendimento; confusão foi filmada

Um analista de sistemas foi vítima de injúria racial em um posto de gasolina no bairro Floramar, na região Norte de Belo Horizonte. A discussão começou quando uma mulher, usando uma ‘muleta’, exigiu prioridade no atendimento. Ela teria xingado o motociclista, que aguardava na fila para abastecer. Revoltados, outros motoristas registraram a confusão.

Últimas