Fisiculturista morto em boate de BH tem júri adiado pela pandemia

A família do fisiculturista morto por seguranças dentro de uma boate em Belo Horizonte esperou tres anos pelo julgamento e agora vai ter que esperar um pouco mais. Por causa da pandemia, o juri popular foi cancelado.