Minas Gerais Bebês assassinados a mando do suposto pai são enterrados em Uberaba (MG)

Bebês assassinados a mando do suposto pai são enterrados em Uberaba (MG)

A mãe das crianças também foi morta; comerciante contratou homem para cometer o crime

Bebês assassinados a mando do suposto pai são enterrados em Uberaba (MG)

Crianças foram executadas ainda na cadeirinha de proteção do carro

Crianças foram executadas ainda na cadeirinha de proteção do carro

Reprodução/Facebook
Izabella foi morta com tiro na nuca e seu corpo encontrado em estrada

Izabella foi morta com tiro na nuca e seu corpo encontrado em estrada

Reprodução/Facebook

Foram enterrados na manhã desta quarta-feira (18) os corpos dos bebês gêmeos Ana Flávia e Lucas Alexandre, mortos a mando do suposto pai. As crianças foram sepultadas no Cemitério São João Batista, em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

A mãe dos bebês também foi executada com um tiro na nuca. O corpo de Izabella Marquez Gianvechio, de 22 anos, foi encontrado no interior de São Paulo, em uma estrada de Aramina, na divisa com Minas Gerais. O suposto pai dos bebês e mandante dos assassinatos, Matusalém Ferreira Júnior, 44 anos, se entregou na delegacia de Uberaba e contou que contratou um homem para matar as crianças, que seriam fruto de um relacionamento extraconjugal dele com Izabella.

O comerciante já é casado e se recusava a registrar as crianças. A polícia suspeita que ele tenha cometido o crime porque foi procurado pela jovem para assumir os filhos.

Leia mais notícias de Minas Gerais no Portal R7

Izabella e os gêmeos sumiram no dia 12 de fevereiro. Ela mandou uma mensagem para uma amiga dizendo que ia se encontrar com Matusalém Ferreira, mas ninguém podia saber. Três dias depois do sumiço, o corpo foi achado.

O executor do crime seria conhecido como Pedrão e está foragido. O carro usado no crime foi encontrado carbonizado em uma fazenda.