Minas Gerais Beleza Tóxica: operação mira clínicas de estética e médicos de BH

Beleza Tóxica: operação mira clínicas de estética e médicos de BH

Polícia faz busca e apreensão e investiga envolvimento de estabelecimentos e profissionais em quatro crimes de homicídio

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Polícia fez buscas em clínicas de estética em BH

Polícia fez buscas em clínicas de estética em BH

Divulgação/Polícia Civil

Clínicas de estética de Belo Horizonte e profissionais de medicina e biomedicina são alvo de uma operação da Polícia Civil nesta quinta-feira (11). Na primeira fase da operação Beleza Tóxica, os agentes cumprem cinco mandados de busca e apreensão. 

O órgão investiga a prática de quatro crimes de homicídio — um consumado e três tentados — durante a realização de procedimentos em clínicas de estética. 

De acordo com a delegada Ana Paula Kich Gontijo, da 4ª Delegacia de Polícia Civil Centro, as clínicas de cirurgia plástica não tinham as condições necessárias de bloco cirúrgico e utilizavam substância danosa ao organismo humano.

— Uma das vítimas faleceu no momento da aplicação do produto. Outra vítima, de 32 anos, em quadro clínico grave, teve seu diagnóstico dissimulado pelos investigados como Covid-19, com o objetivo de ocultar os danos à saúde da paciente e evitar responsabilidade em caso de eventual óbito.

Conforme a delegada, neste último caso, ela chegou a ser internada em isolamento em um hospital onde o próprio médico a atendeu em seu dia de folga. No entanto, a família suspeitou do fato e precisou da intervenção de um advogado para transferir a vítima para outro hospital. A mulher ficou em coma por 20 dias. 

De acordo com a Polícia Civil, dois médicos, que não possuem habilitação em cirurgia plástica, e uma biomédica são investigados. Outras duas clínicas, onde os procedimentos foram realizados, também são investigadas e foram alvo de buscas nesta quinta-feira (11). Os agentes apreenderam diversas substâncias, seringas e aplicadores utilizados nos procedimentos, documentos, notas fiscais e comprovantes de aquisição dos produtos.

Últimas