Novo Coronavírus

Minas Gerais Betim (MG) mantém restrições e Santa Luzia manda abrir comércio

Betim (MG) mantém restrições e Santa Luzia manda abrir comércio

Decisões foram anunciadas após o Governo de Minas autorizar a maior parte do Estado a progredir para a onda vermelha

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Betim vai manter apenas comércio essencial aberto

Betim vai manter apenas comércio essencial aberto

Divulgação / Prefeitura de Betim

As prefeituras de Betim e Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, anunciaram, nesta quinta-feira (15), como ficará o comércio nos próximos dias nas cidades.

Apesar de fazerem parte da mesma região, os municípios vão seguir caminhos diferentes. As decisões foram divulgadas após o governador Romeu Zema (NOVO) confirmar, nesta manhã, que a maior parte do Estado já pode deixar a onda roxa, a mais restritiva do programa Minas Consciente.

O prefeito de Betim, Vittorio Medioli (PSD), confirmou durante coletiva virtual que as restrições em vigor atualmente serão mantidas, pelo menos, até o dia 21 de abril. Assim, apenas os serviços essenciais podem funcionar.

— Pela primeira vez em toda a pandemia acho um pouco apressado retornar à Onda Vermelha porque a situação ainda é grave. Houve um recuo, sim, mas essas variantes são muito mais agressivas, então não podemos, neste momento, arriscar voltar ao momento mais crítico.

Já o prefeito de Santa Luzia, Christiano Xavier (PSD), afirmou que "todo o comércio, atividades esportivas, educativas e afins" voltam a funcionar neste sábado (17). "Apenas as feiras livres, como a do Palmital, que ainda não. Mas mantenham todos os cuidados e protocolos exigidos, o momento ainda requer cuidados", escreveu o político em um comunicado em rede social.

Últimas