Coronavírus

Minas Gerais BH convoca profissionais da saúde e mais idosos para 3ª dose

BH convoca profissionais da saúde e mais idosos para 3ª dose

Pessoas com mais de 70 anos estão nos novos grupos; prefeitura também confirmou a 2ª aplicação em moradores de 40 e 39 anos

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7

Campanha é ampliada na capital mineira

Campanha é ampliada na capital mineira

Gil Leonardi / Imprensa MG

Os profissionais de Saúde de Belo Horizonte com idade igual ou superior a 50 anos começam a receber a terceira dose da vacina contra a covid-19 a partir da próxima sexta-feira (16).

A prefeitura também convocou novas faixas etárias de idosos para a terceira aplicação, além de confirma datas para mais grupos de imunossuprimidos e moradores que aguardam a segunda dose.

Veja o calendário de vacinação de BH da próxima semana:

Sexta-feira (8/10):
- primeira dose para adolescentes de 13 e 14 anos, completos até 31 de outubro e acompanhados dos pais ou responsáveis legais;

Sábado (9/10):
- primeira dose para adolescentes de 12 anos, completos até 9 de outubro e acompanhados dos pais ou responsáveis legais;

- dose de reforço para pessoas de 69 a 50 anos com alto grau de imunossupressão, cuja segunda dose tenha completado 28 dias (a vacinação deste dia será exclusivamente para os grupos convocados)

Segunda-feira (11/10):

- segunda dose de AstraZeneca para pessoas de 40 e 39 anos cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até 18 de outubro.

Terça-feira (12/10): feriado, não haverá vacinação.

Quarta-feira (13/10):

- dose de reforço para pessoas de 49 a 18 anos com alto grau de imunossupressão, cuja segunda dose tenha completado 28 dias;

- dose de reforço para idosos de 74 e 73 anos, cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo.

Quinta-feira (14/10):

- dose de reforço para idosos de 72, 71 e 70 anos, cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo.

Sexta-feira (15/10):
- dose de reforço para trabalhadores da saúde de 50 anos e mais, cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo.

Como se vacinar

Para os jovens que forem receber a primeira dose, é necessário apresentar documento de identidade com foto, comprovante de residência e estar acompanhado dos pais. Já as pessoas com alto grau de imunossupressão que vão receber a segunda dose precisam apresentar, além dos documentos citados acima, o CPF e o cartão de vacina comprovando a aplicação da dose inicial. A lista de condições classificadas pelo Ministério da Saúde como imunossupressão pode ser consultada neste link.

Os idosos que vão receber a terceira dose precisam apresentar documento de identidade com foto, CPF, comprovante de residência e o cartão de vacinação. Já os profissionais de Saúde devem levar, além dos documentos citados acima, algum documento que comprove a ocupação em alguma instituição médica da capital, como contracheque, carteira ou contrato de trabalho.

A campanha de vacinação é realizada, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h nos postos fixos e extras, e das 8h às 16h30 nos pontos de drive thru. Já aos sábados, os postos fixos funcionam das 7h30 às 14h e os pontos de drive-thru atendem das 8h às 14h. A capital também conta com quatro locais com atendimento até às 20h. A lista completa com os endereços está disponível neste link.

Até esta quarta-feira (6), Belo Horizonte já havia recebido 3.987.360 doses de imunizantes. Mais de 2 milhões de moradores ou trabalhadores da capital receberam a primeira dose e quase 1,4 milhão receberam as duas aplicações ou a vacina de dose única. Até o momento, já foram aplicadas 40.642 doses de reforço.

Confira o avanço da vacinação pelo Brasil:

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento.

Últimas