Novo Coronavírus

Minas Gerais BH não tem vacinas para garantir 2ª dose a idosos de 67 a 64 anos

BH não tem vacinas para garantir 2ª dose a idosos de 67 a 64 anos

Prefeitura afirma que é necessária a chegada de mais lotes da CoronaVac para terminar a imunização do grupo

  • Minas Gerais | do R7

Grupo deveria ser imunizado na próxima semana

Grupo deveria ser imunizado na próxima semana

Eric Gaillard/Reuters - 29.04.2021

A Prefeitura de Belo Horizonte admitiu, nesta sexta-feira (30), que ainda não tem vacinas da CoronaVac suficientes para aplicar a segunda dose nos idosos de 67 a 64 anos.

O grupo deveria ser convocado para o reforço na próxima semana, quando termina o prazo de 28 dias da primeira aplicação, conforme orientação do fabricante.

Os idosos de 67 anos começaram a ser vacinados no último dia 5 de abril. Assim, eles deveriam ser atendidos novamente até a próxima segunda-feira (3). O prazo para os de 64 anos vai até a sexta-feira (7).

"A Prefeitura de Belo Horizonte informa que, seguindo a orientação do Plano Nacional de Imunização, a Secretaria Municipal de Saúde não guardou as segundas doses para os públicos de 67, 66, 65 e 64 anos. Sendo assim, é imprescindível que novas remessas de vacinas sejam entregues pelo Ministério da Saúde.", destacou em nota. A reportagem procurou o Ministério da Saúde e aguarda retorno.

Apesar do fabricante da CoronaVac orientar o reforço em até 28 dias, a prefeitura afirma que a aplicação após o prazo "não compromete a eficácia clínica da vacina".

Na última segunda-feira (26), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que está preocupado com o atraso na entrega de doses da CoronaVac, feita pelo instituto Butantan.

Próximos dias

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, há doses da vacina Oxford/AstraZeneca para a segunda dose dos idosos com idadades a partir de 89 anos, prevista para este sábado (1º). Também há unidades disponíveis para os profissionais de saúde de 37 e 38 anos que entram na lista no mesmo dia.

Para a próxima segunda-feira (3) também foi confirmada a primeira dose de vacinação das pessoas com 60 anos. Elas vão receber o imunizante Oxford/AstraZeneca que chegou à capital mineira nesta semana.

Minas Gerais recebeu um carregamento com quase 600 mil vacinas nesta quinta-feira (29). No entanto, a maior parte 578.000 eram AstraZeneca. O Estado recebeu apenas 11.800 unidades da Coronavac.

Veja a íntegra da nota da Prefeitura de BH:

"A Prefeitura de Belo Horizonte informa que, seguindo a orientação do Plano Nacional de Imunização, a Secretaria Municipal de Saúde não guardou as segundas doses para os públicos de 67, 66, 65 e 64 anos. Sendo assim, é imprescindível que novas remessas de vacinas sejam entregues pelo Ministério da Saúde.

A Prefeitura reafirma a disponibilidade de pessoal e de todos os insumos necessários para a imediata continuidade do processo. Tão logo as vacinas sejam entregues, haverá continuidade da aplicação de segundas doses de CoronaVac.

É importante esclarecer que a aplicação da segunda dose para além dos 28 dias não compromete a eficácia clínica da vacina."

Últimas