Minas Gerais BH, Porto Alegre e João Pessoa devem ativar 5G na sexta-feira

BH, Porto Alegre e João Pessoa devem ativar 5G na sexta-feira

Anatel fará reunião para debater o assunto amanhã, quarta (27); três operadores já devem disponibilizar o sinal nas cidades

Agência Estado - Economia
MWC 2019 celulares dobráveis 5G

MWC 2019 celulares dobráveis 5G

REUTERS/Rafael Marchante

As cidades de João Pessoa, Porto Alegre e Belo Horizonte são as próximas da fila a receber a internet móvel de quinta geração (5G). Está tudo pronto para que o sinal nessas capitais seja ativado na sexta-feira (29).

A informação foi compartilhada com o Estadão/Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, pelo conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Moisés Queiróz Moreira, que preside o grupo responsável pela "limpeza" da faixa no ar por onde vão transitar os sinais de internet.

Queiróz vai convocar para quarta-feira (27) uma reunião extraordinária do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi). Na ocasião, a liberação do sinal de 5G será formalizada.

O Gaispi está trabalhando para garantir a limpeza da faixa contra interferências, o que consiste na migração do sinal de TV por antenas parabólicas da atual frequência, na banda C, para uma nova frequência, na banda KU. Na prática, equipes de campo estão instalando filtros nos equipamentos para fazer esse "desvio" no sinal.

Queiróz disse que a limpeza da faixa já está bastante avançada em João Pessoa, Porto Alegre e Belo Horizonte. A instalação dos filtros já foi concluída, e os testes realizados ao longo do fim de semana. No caso da capital mineira, os testes estão sendo concluídos na segunda-feira (25).

Os resultados têm se mostrado positivos, isto é, sem interferências, segundo o conselheiro. "Essas cidades estão avançadas nos trabalhos, fizeram os testes no fim de semana e terminaram agora. A limpeza já foi feita", afirmou Queiróz, em entrevista.

Outras cidades, como Goiânia, Salvador, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, também já estão trabalhando nessa limpeza da faixa, mas ainda não é possível estimar uma data para liberação do 5G nessas localidades. "Rio e São Paulo são sempre mais complicadas", disse o conselheiro, referindo-se à dimensão das cidades e ao número de filtros a ser instalados.

A expectativa para João Pessoa, Porto Alegre e Belo Horizonte é que as operadoras TIM, Vivo e Claro acionem o 5G imediatamente após o sinal verde da Anatel, assim como aconteceu em Brasília. As antenas, porém, devem cobrir apenas uma parte das cidades neste primeiro momento.

A ativação do 5G nas capitais estava originalmente prevista para acontecer até 31 de julho, mas o Gaispi pediu a prorrogação por mais 60 dias — conforme previsto no edital de leilão das faixas — por causa da lentidão na chegada dos filtros importados da China.

Últimas