Novo Coronavírus

Minas Gerais BH precisa de mais 300 respiradores para atender pacientes com covid

BH precisa de mais 300 respiradores para atender pacientes com covid

Secretário municipal de Saúde afirmou que a capital ainda não passou pela maior onda de casos e que o isolamento social precisa ser mantido

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento e Luíza Lanza*, do R7

Jackson Machado falou, ao vivo, no MG Record

Jackson Machado falou, ao vivo, no MG Record

Reprodução/RecordTV Minas

O secretário de Saúde de Belo Horizonte, Jackson Machado, declarou, nesta quinta-feira (9), que a cidade precisa de, pelo menos, mais 300 respiradores para atender demandas futuras de pacientes com coronavírus na cidade.

A informação foi divulgada durante entrevista ao MG Record, da Record TV Minas, nesta noite. De acordo com o secretário, a cidade conta atualmente com 1.700 aparelhos, distribuídos entre a rede pública e privada.

— Felizmente, as grandes empresas estão entendendo a necessidade de contribuir e a sociedade civil está engajada em uma onda de solidariedade. São alternativas que estamos procurando e contamos com a ajuda desses parceiros.

Respiradores ou ventiladores mecânicos são aparelhos usados para ajudar pacientes que não conseguem respirar sozinhos.

Machado destacou, ainda, que o número de casos na capital mineira devem continuar crescendo nos próximos dias.

— Na verdade, quem não está com medo não está devidamente informado sobre a gravidade da situação. A parte mais importante da pandemia ainda não chegou a Belo Horizonte. Se acabarmos com o isolamento neste momento e precisarmos, por exemplo, de 15 ou 20 mil leitos, vai ter gente morrendo na rua.

*Estagiária do R7 sob a supervisão de Pablo Nascimento

Últimas