Novo Coronavírus

Minas Gerais BH suspende vacinação da covid-19 para grávidas sem comorbidades

BH suspende vacinação da covid-19 para grávidas sem comorbidades

Medida atende orientação do Ministério da Saúde e também vale para as mulheres que tiveram bebês recentemente

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Grávidas com comorbidades vão ser vacinadas

Grávidas com comorbidades vão ser vacinadas

Reprodução / Pixabay

A Prefeitura de Belo Horizonte anunciou, na noite desta terça-feira (11), que está suspensa a vacinação de grávidas e mulheres que tiveram bebês recentemente que não têm comorbidades.

As mulheres com mais de 40 anos que fazem parte deste grupo seriam imunizadas contra a covid-19 na capital mineira nesta quarta-feira (12).

A decisão, conforme explicou a prefeitura, atende orientação emitida pelo Ministério da Saúde no início desta noite.

Por enquanto, a prefeitura mantém a vacinação das puérperas (até 45 dias após o parto) e gestantes com com idade a partir de 18 anos apenas para aquelas que têm comorbidades. Os locais de aplicação dos imunizantes para o grupo podem ser consultados neste link.

A nova orientação do Ministério da Saúde proíbe o uso da vacina Oxford/Astrazeneca nas gestantes e puérperas. O grupo deve ser imunizado com a CoronaVac ou Pfizer, que é o imunizante usado atualmente em Belo Horizonte.

As alterações foram feitas pelo órgão do Governo Federal para investigação de possíveis eventos adversos nestas mulheres após a aplicação das doses. Uma mulher morreu no Rio de Janeiro poucos dias após receber o imunizante.

Durante a coletiva do Ministério da Saúde para anunciar as mudanças nesta noite, especialistas valiaram que o risco da covid-19 é maior do que o de eventos adversos com a vacina da Astrazeneca/Oxford.

"É uma cautela que o Programa Nacional de Imunizações tem até o fechamento do caso. Podem ocorrer eventos adversos raros que não foram identificados no estudos de fase 3. Mas já foi descrito e é um evento extremamente raro. É importante que se vacine porque o risco de óbito por covid-19 é muito maior", afirmou Franciele Francinato, coordenadora do PNI (Programa Nacional de Imunização).

Comorbidades

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o calendário de vacinação desta quarta-feira está mantido para as pessoas com comorbidades com idades entre 50 e 52 anos. A aplicação acontece das 8 horas às 16 horas, nos postos de saúde indicados neste link.

Últimas