Minas Gerais BH tem panelaço durante pronunciamento de Bolsonaro

BH tem panelaço durante pronunciamento de Bolsonaro

Manifestações em protesto contra a conduta do presidente no combate à pandemia foram ouvidas em diversas regiões da cidade

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Moradores bateram panelas no centro

Moradores bateram panelas no centro

Reprodução/redes sociais

Moradores de diversos bairros de Belo Horizonte fizeram panelaço para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na noite desta quarta-feira (2). O presidente convocou cadeia nacional de rádio e televisão para fazer um pronunciamento, que foi ao ar às 20h30, para falar sobre vacinas, economia, obras e realização da Copa América no país.  

As manifestações contra Bolsonaro foram registradas em diversas regiões da capital mineira, como Centro-Sul, Leste e no centro da cidade. 

Pronunciamento

Em um discurso que durou cerca de 5 minutos, o presidente Bolsonaro disse que o Brasil alcançou a marca de 100 milhões de doses distribuídas aos Estados e que é o quarto país que mais vacina no mundo. 

De acordo com o site Our World in Data, que monitora o número de doses aplicadas nos países pelo mundo, o Brasil é o terceiro que mais vacinou até o momento, com mais de 68 milhões de doses aplicadas. 

No entanto, quando se leva em conta a proporção da população de cada país, o Brasil fica atrás de, pelo menos 83 países. Segundo cálculos apresentados pelo site, que podem ser conferidos aqui, o Brasil aplicou 32 doses para cada grupo de 100 pessoas, sendo necessárias duas doses para cada habitante. 

O presidente também falou sobre geração de empregos e economia e disse que seu governo "não obrigou ninguém a ficar em casa". 

— Não obrigou ninguém a ficar em casa, não fechou igrejas ou escolas. Eu sempre disse que temos dois problemas pela frente: o vírus e o desemprego, que deveriam ser tratados de forma simultânea.

Últimas