Novo Coronavírus

Minas Gerais BH vacina hoje pessoas com comorbidades de 50 a 52 anos

BH vacina hoje pessoas com comorbidades de 50 a 52 anos

Prefeitura suspendeu atendimento para grávidas e mulheres que tiveram bebês há pouco tempo e não têm doenças preexistentes

Ministério da Saúde orientou mudanças

Ministério da Saúde orientou mudanças

Richard Wainwright/EFE/EPA - 03.05.2021

A Prefeitura de Belo Horizonte vai começar a vacinar contra a covid-19, nesta quarta-feira (12), as pessoas com comorbidades que completam entre 50 e 52 anos até o dia 31 de maio (veja abaixo a lista de doenças atendidas).

Para hoje também estava prevista a imunização das gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com mais de 40 anos que não têm doenças preexistentes.

No entanto, durante a noite desta terça-feira (11), foi anunciada a suspensão do atendimento para estas mulheres por orientação do Ministério da Saúde. O órgão federal mudou as regras de vacinação para grávidas e puérperas para investigação de possíveis reações causadas pelo imunizante Oxford/Astrazeneca. Por enquanto, somente as mulheres com doenças serão atendidas.

As pessoas com comorbidades com direito à vacina nesta semana em Belo Horizonte precisam ter realizado cadastro no site da prefeitura até o dia 3 de maio. Nesta quinta-feira (13) o sistema vai ser aberto novamente para novas inscrições.

A lista de locais de vacinação para pessoas com doenças está disponível neste link. O atendimento acontece das 8h às 16h. As pessoas que fazem parte de grupos já convocados anteriormente podem procurar os postos de vacinação mais próximos de casa.

No momento da vacinação, o público com comorbidade precisa seguir as seguintes orientações:

• Apresentar exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica emitidos em até 12 meses antes da data do cadastro;

• Apresentar documento de identificação com foto;

• Apresentar comprovante de residência em Belo Horizonte;

• Ter preenchido cadastro para a vacinação, de forma válida, até 23h59 de 3 de maio;

• Não ter recebido vacina contra a Covid-19;

• Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias;

• Não ter tido covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias.

Veja a lista de comorbidades consideradas prioritárias com direito à vacina:

    • Diabetes mellitus

    • Pneumopatias crônicasgraves

    • Hipertensão Arterial Resistente (HAR)

    • Hipertensão arterial estágio 3

    • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade

    • Insuficiência cardíaca (IC)

    • Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar

    • Cardiopatia hipertensiva

    • Síndromes coronarianas

    • Valvopatias

    • Miocardiopatias e Pericardiopatias

    • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

    • Arritmias cardíacas

    • Cardiopatias congênita no adulto

    • Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados

    • Doença cerebrovascular

    • Doença renal crônica

    • Imunossuprimidos

    • Anemia falciforme

    • Obesidade mórbida

    • Síndrome de down

    • Cirrose hepática

    • Doenças raras que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitiva

Últimas