Novo Coronavírus

Minas Gerais BH vai retomar as aulas presenciais no dia 26 de abril

BH vai retomar as aulas presenciais no dia 26 de abril

Conforme adiantado pelo R7, prefeitura confirmou reabertura das escolas; mudança vale apenas para crianças com até 5 anos

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Escolas estão fechadas desde 18 de março de 2020

Escolas estão fechadas desde 18 de março de 2020

Pixabay/Reprodução

A Prefeitura de Belo Horizonte confirmou, na tarde desta segunda-feira (19), o retorno das aulas presenciais na cidade para o próximo dia 26 de abril. A data havia sido adiantada pelo R7 neste domingo (18).

De acordo com a prefeitura, o retorno será gradual. Por enquanto, apenas as crianças de 0 a 5 anos poderão ir às escolas. Vão poder funcionar na cidade todas as escolas que atendem esta faixa etária, incluindo a rede privada e estadual.

No entanto, o Governo de Minas só libera as aulas dos colégios estaduais nas cidades classificadas nas ondas verde e amarela do plano Minas Consciente, o que não é o caso de Belo Horizonte.

A secretária de Educação Ângela Dalben explica que os alunos não irão à escola todos os dias. Eles serão escalonados em pequenos grupo de seis a sete crianças. As salas não poderão receber mais do que 50% da capacidade máxima e deverá ser respeitada uma distância de, no mínimo, 1,5 metro entre as carteiras. O protocolo de segurança está disponível neste link.

— Caso seja identificada alguma criança infectada com a covid-19 toda a bolha [turma escolar] dela ficará suspensa.

"O avanço para a segunda fase de reabertura das instituições de ensino (estudantes de 6 a 8 anos) e para a terceira fase (as crianças e adolescentes de 9 a 14 anos), bem como das escolas que atendem ao Ensino Médio e às Universidades, dependerão dos impactos da primeira etapa de flexibilização e de todo o cenário pandêmico", detalhou a prefeitura em nota.

As aulas presenciais estão suspensas em Belo Horizonte desde o dia 18 de março de 2020. A cidade é a única capital da região Sudeste que ainda não havia voltado com atividades dentro das escolas.

No início deste ano, a prefeitura chegou a anunciar um possível retorno para o dia 1º de março, mas recuou alegando aumento no número de internações e de mortes causadas pela covid-19.

Reabertura

A confirmação da reabertura das escolas foi feita durante a coletiva que anunciou a flexibilização das restrições sociais vigentes desde o dia 6 de março. Academias, lojas, shoppings, bares, restaurantes e parques públicos foram autorizados a reabrir, seguindo as normas de proteção.

Na última semana, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) se reuniu por três dias consecutivos com os médicos do comitê de enfrentamento à covid-19 para discutir sobre o processo de reabertura da capital mineira.

Durante os encontros, a equipe analisou os três indicadores que normalmente direcionam as ações da cidade (ocupação de enfermarias, de UTIs e o ritmo de transmissão do vírus) e o volume de medicamentos disponíveis nos hospitais da cidade.

Últimas