tragédia brumadinho
Minas Gerais Bolsonaro sobrevoa área onde barragem rompeu em Brumadinho

Bolsonaro sobrevoa área onde barragem rompeu em Brumadinho

Presidente acompanha neste sábado trabalho das equipes de resgate, acompanhado do governador de Minas Gerais, Romeu Zema

Bolsonaro

Presidente viajou a Minas Gerais no começo da manhã deste sábado

Presidente viajou a Minas Gerais no começo da manhã deste sábado

Isac Nóbrega/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, sobrevoaram na manhã deste sábado (26) áreas atingidas pelo rompimento de uma barragem de mineradora Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Mais cedo, Bolsonaro anunciou no Twitter a assinatura do decreto que cria o "Conselho Ministerial de Supervisão de Respostas a Desastre e o Comitê de Gestão e Avaliação de Respostas a Desastre, em decorrência da ruptura da barragem do Córrego Feijão, no município de Brumadinho, Estado de Minas Gerais, e de suas repercussões na Bacia do Rio Paraopeba".

O comitê será integrado por representantes da Prefeitura de Brumadinho, do governo de Minas, Ministério Público e Defensoria Pública.

Bolsonaro embarcou de volta para Brasília ao meio-dia, sem falar com a imprensa.