tragédia brumadinho
Minas Gerais Bombeiros ainda não conseguem contabilizar mortos em Brumadinho

Bombeiros ainda não conseguem contabilizar mortos em Brumadinho

Ao menos nove pessoas morreram após o rompimento da barragem na tarde desta sexta-feira (25)

Bombeiros não conseguem contar número de mortos em Brumadinho

Ao menos nove pessoas morreram na tragédia

Ao menos nove pessoas morreram na tragédia

EFE/ Paulo Fonseca - 25.01.2019

O rompimento da barragem em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira (25), deixou pelo menos nove mortes e 300 pessoas desaparecidas e o número de vítimas pode aumentar ainda nesta tarde.

LEIA TAMBÉM: Brumadinho: Vale divulga lista de 413 funcionários 'sem contato'

Em coletiva de imprensa na manhã deste sábado (26), a Defesa Civil declarou que ainda "não consegue estabelecer" o número correto. "a  situação de momento é: ainda permanecemos com 345 pessoas sendo procuradas e tentando fazer qualquer tipo de contato com elas", informou. "Temos uma possibilidade de ter aproximadamente de 30 a 35 pessoas dentro de uma pousada e aproximadamente outros números dentro de ônibus que ali estavam. Mas isso não é dado real, são suposições em contato com uma pessoa que estava em uma pousada, saiu do local e falou o número de pessoas", acrescentou.

A Defesa Civil, no entanto, afirma que já resgatou mais corpos além dos nove já confirmados. "Temos nove óbitos. Apesar de o Bombeiro já ter feito resgate de outros corpos, ainda não conseguimos contabilizar a quantidade de corpos. Iremos estabelecer informação de duas em duas horas", explicou.

ASSISTA AO VÍDEO COM OS ESTRAGOS