tragédia brumadinho
Minas Gerais Brumadinho: Corpo de Bombeiros confirma onze mortes

Brumadinho: Corpo de Bombeiros confirma onze mortes

Cão farejador ajudou a localizar vítimas neste sábado (26); 166 funcionários da Vale e 130 funcionários terceirizados continuam não localizados

Brumadinho: Corpo de Bombeiros confirma décima morte

Cão farejador ajudou a encontrar corpo de vítima

Cão farejador ajudou a encontrar corpo de vítima

Divulgação CBMMG - 26.01.2019

O número de mortos após o rompimento da barragem em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, na tarde de sexta-feira (25), subiu para 11. 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, um cão farejador ajudou a encontrar o corpo da vítima décima vítima.

LEIA TAMBÉM: Bombeiros localizam ônibus com pessoas mortas em Brumadinho

Segundo boletim divulgado pelas Forças Integradas de Segurança de Minas Gerais, 166 funcionários e 130 funcionários terceirizados da Vale continuam desaparecidos. O número de mortos subiu para 11. Das 176 pessoas encontradas com vida, 23 seguem no hospital.

Ainda segundo as Forças Integradas, teve um alarme falso de rompimento de outra barragem. Além disso, a arrecadação de donativos foi interrompida por falta de espaço para armazenamento, devido ao grande volume de doações.

A próxima reunião das Forças Integradas de Segurança será às 18h deste sábado.

O Corpo de Bombeiros confirmou as 11 mortes. "Busca e salvamento em Brumadinho - 11 vítimas fatais."

Mais cedo, o Corpo de Bombeiros informou que 46 pessoas foram encontradas e, com isso, o número de desaparecidos caiu para 299.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, 86 famílias ainda estão ilhadas esperando pelo resgate. Elas estão cadastradas em zonas de alto salvamento e duas famílias já foram contatadas e resgatadas. "As demais, permanecem aguardando, devido à ausência de energia elétrica, sinal de telefonia e internet, que dificultam a localização exata das vítimas."