tragédia brumadinho
Minas Gerais Brumadinho: Engenheiro preso foi premiado por estudo em barragem

Brumadinho: Engenheiro preso foi premiado por estudo em barragem

Makoto Namba foi homenageado em BH, em evento da Associação Brasileira de Mecânica de Solos e Engenharia Geotécnica, em outubro de 2018

Engenheiros foram conduzidos para Belo Horizonte

Engenheiros foram conduzidos para Belo Horizonte

RecordTV Minas

O engenheiro Makoto Namba, que assinou o relatório atestando o baixo risco da barragem de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi premiado no ano passado por um projeto de gestão de riscos em outra barragem mineira. Namba foi preso na manhã, desta terça-feira (29), em São Paulo, a pedido da Justiça de Minas Gerais.

A cerimônima de premiação da ABMS (Associação Brasileira de Mecânica de Solos e Engenharia Geotécnica) aconteceu em Salvador, na Bahia e no dia 10 de outubro, Namba e outros cinco colegas, com quem dividia o prêmio, foi homenageado, em um hotel, no bairro de Lourdes, na região centro-sul. O engenheiro preso não participou do evento, mas foi representado por outros três colegas.

Segundo a AMBS, o trabalho homenageado se refere a um estudo de caso da barragem de Itabiruçu, em Itabira, na região central de Minas, e a escolha "consolida um novo modelo de gestão de riscos geotécnicos."