tragédia brumadinho
Minas Gerais Brumadinho: família confirma morte de médica da Vale 

Brumadinho: família confirma morte de médica da Vale 

Marcelle Porto Cangassu era funcionária da empresa e estava no local no momento do rompimento

Pai de Marcelle confirmou morte em uma rede social

Pai de Marcelle confirmou morte em uma rede social

Reprodução

A morte de mais uma vítima do rompimento da barragem da Vale foi confirmada, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Marcelle Porto Cangassu era médica do trabalho da empresa e estava no local quando os rejeitos invadiram a cidade.

A ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho) e AMIMT (Associação Mineira de Medicina) lamentaram a morte da profissional através de nota. Segundo as associações, Marcelle obteve seu título de especialista em Medicina do Trabalho em 2015 e se dedicava à carreira na Vale.

Leia também: Confira a lista de vítimas internadas na Grande BH

O pai de Marcelle confirmou a morte da filha através de uma postagem em uma rede social. Outras oito pessoas morreram na tragédia e pelo menos 300 estão desaparecidas. Até o momento, 23 vítimas feridas foram encaminhadas para hospitais da região metropolitana de Belo Horizonte.

A morte do professor e empresário Márcio Mascarenhas, dono da Pousada Nova Estância, de Brumadinho, também foi confirmada neste sábado (26).