Brumadinho: suposta parte de corpo é encontrada na volta das buscas

Perícia vai indicar se trata-se de uma das 11 vítimas do rompimento que seguem desaparecidas; trabalhos estavam suspensos por causa da pandemia

Buscas estavam suspensas há 158 dias

Buscas estavam suspensas há 158 dias

Divulgação/Corpo de Bombeiros

O primeiro dia da retomada das buscas pelas 11 vítimas da barragem de Brumadinho ainda desaparecidas foi de esperança para as famílias e equipes que trabalham na operação. Isso porque a possível parte de um corpo foi encontrada durante o trabalho realizado nesta quinta-feira (27).

O coronel Alexandre Gomes, comandante das operações, explicou ao R7 que trata-se de um segmento corpóreo que se assemelha ao osso de um braço. Ele estava na área conhecida como Remanso 4, onde havia uma mata antes do rompimento, e que é uma das seis escolhidas como foco das buscas.

— Como ficamos muito tempo parados, começamos ontem com uma reunião de briefing que durou quase todo o dia, mas encontrar este segmento logo no retorno foi muito animador.

O material será analisado pela perícia da Polícia Civil, no IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte. Os especialistas vão verificar se trata-se, de fato, de membro humano e se ele pertence a algum dos 11 não localizados.

O trabalho de localização ficou suspenso por 158 dias devido à pandemia da covid-19. Aproximadamente 60 militares voltaram a campo com o apoio de tratores, escavadeiras, drones e maquinários pesados. Para garantir a continuidade da operação, os agentes deverão seguir um rigoroso protocolo de segurança contra o coronavírus.

O rompimento da barragem da Vale aconteceu no dia 25 de janeiro de 2019. Mesmo após 1 ano e sete meses, o coronanel Alexandre Gomes diz que as equipes estão esperançosas em encontrar todos os desaparecidos e, assim, levar alívio para as famílias. Outras 259 vítimas já foram localizadas.

— Nós encontramos um terreno seco, que foi preparado durante esta paralisação, que vai nos ajudar muito nos trabalhos.