Invasão do Planalto, STF e Congresso em Brasília

Minas Gerais Câmara de Betim (MG) vai acionar Comissão de Ética contra vereador que foi a ato extremista em Brasília

Câmara de Betim (MG) vai acionar Comissão de Ética contra vereador que foi a ato extremista em Brasília

Gilson da Autoescola diz que esperava uma manifestação pacífica e declarou que é contrário a ataques à democracia

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Vereador foi à capital federal com os dois filhos

Vereador foi à capital federal com os dois filhos

Reprodução / Instagram

A Câmara de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, anunciou nesta segunda-feira (9) que vai acionar a Comissão Permanente de Ética, Decoro Parlamentar e Estudos Legislativos contra o vereador Gilson da Autoescola (Cidadania), por ter participado dos atos registrados em Brasília no último domingo (8).

O parlamentar postou vídeos em uma rede social que mostram que ele e a família estavam na capital federal, vestidos com as cores da bandeira, em meio aos manifestantes.

Em comunicado, Gilson confirmou que estave em Brasília com os dois filhos, mas disse que esperava "um ato pacífico e democrático". "Não aprovo e nem participo de nenhuma atitude contra a democracia. O protesto é legitimo e democrático, quebradeira e violência não", escreveu o legislador.

Em nota, a Câmara de Betim repudiou os atos de violência. "A Câmara Municipal de Betim informa que é veementemente contra todo e qualquer ato de vandalismo ou antidemocracia", diz o comunicado da Casa Legislativa.

Veja o vídeo do vereador Gilson da Autoescola na Brasília:

Últimas