Minas Gerais Câmara de São Joaquim de Bicas (MG) aprova transporte gratuito

Câmara de São Joaquim de Bicas (MG) aprova transporte gratuito

Prefeitura da cidade que fica na região metropolitana de BH espera ter tarifa zero para todos os moradores em dois meses

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Projeto foi aprovado com unanimidade

Projeto foi aprovado com unanimidade

Divulgação / Câmara de São Joaquim de Bicas

A Câmara Municipal de São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte, aprovou, nesta terça-feira (4), um projeto de lei que cria um sistema de transporte gratuito na cidade.

A iniciativa foi proposta pelo prefeito Guto Resende (DEM), no último dia 26 de abril. O político deve sancionar o texto nos próximos dias para que o projeto entre em vigor.

— Em seguida, a Secretaria de Obras e Mobilidade vai determinar os critérios para a licitação de contratação da empresa que vai fornecer o serviço. A expectativa é que em 60 ou 70 dias os novos ônibus já estejam rodando na cidade.

Em entrevista, Resende contou que a ideia de zerar a tarifa se intensificou na pandemia, com a redução de viagens no sistema de transporte coletiva. Atualmente, segundo o prefeito, a cidade de 25 mil habitantes tem três linhas de ônibus, com um veículo em cada uma. A prefeitura espera que o número de linhas possa dobrar com aprovação do projeto batizado de "Expressinho 0800".

 O Executivo Municipal calcula que o projeto vai custar R$ 100 mil mensais aos cofres da cidade. A passagem de ônibus hoje custa R$ 2,70. O prefeito Guto Resende avalia que a iniciativa de acabar com a cobrança vai contribuir para o fortalecimento da economia local.

— Algumas pessoas acham mais fácil pegar um ônibus que sai de perto da casa delas e irem a outras cidades do entorno para ir ao banco, padaria e fazer compras. Agora, nós acreditamos que elas vão preferir ficar aqui na cidade, protegendo o nosso comércio.

Últimas