Novo Coronavírus

Minas Gerais Casal deixa advocacia na pandemia para investir em cogumelos em MG

Casal deixa advocacia na pandemia para investir em cogumelos em MG

Advogados de BH aproveitaram o cenário de isolamento para abandonar o escritório e realizar o sonho de empreender

Um casal de advogados de Belo Horizonte decidiu aproveitar a pandemia da covid-19 para fazer uma mudança radical. Eles deixaram o escritório e defesas judiciais para se dedicarem à produção de cogumelos no distrito de São Sebastião das Águas Claras, conhecido como Macacos, em Nova Lima, na Grande BH.

Giselle Reis Lima e o marido, Juliano Stockler, não estavam satisfeitos com o trabalho com a advocacia e já planejavam investir em algo no distrito de Macacos desde 2019. Após muita pesquisa, eles decidiram trabalhar com o cogumelo shitake, um dos mais consumidos no mundo.

— A gente fez consultoria, visitou empresas, e chegamos no shitake. No início foi apavorante, pois a gente não sabia como era a produção de um cogumelo. Não conhecíamos os prazos do produto.

A ideia do casal não era se mudar de vez para Macacos, mas, com a chegada da pandemia da covid-19, Giselle e Juliano passaram a se dedicar exclusivamente à produção de cogumelos, mesmo com a resistência do marido para largar a advocacia.

Casal se dedica à produção de cogumelos shitake

Casal se dedica à produção de cogumelos shitake

Reprodução / Redes sociais

— Nossa expectativa era vender para grandes compradores, mas isso era inviável, ia aumentar o nosso custo. Então reformulamos o plano, eu e Juliano saímos do escritório e estamos focados no consumidor final.

A produção do casal ainda é pequena, mas suficiente para atender uma loja de produtos orgânicos e outros clientes menores. Segundo Giselle, o risco de “largar tudo” é grande e é preciso batalhar bastante, mas o resultado pode valer muito a pena.

— Estamos muito satisfeitos. Temos um contato com a natureza, estamos ao ar livre e estamos ganhando a vida com isso. É não desistir e sonhar. Tudo começa com um sonho.

Últimas