Novo Coronavírus

Minas Gerais Cefet-MG vai retomar aulas a partir de 3 de agosto, de forma remota

Cefet-MG vai retomar aulas a partir de 3 de agosto, de forma remota

A instituição de ensino suspendeu as aulas em 17 de março e professores vão trabalhar em julho para oferecer as atividades de forma remota

Medida vale para todos os campi do Cefet-MG

Medida vale para todos os campi do Cefet-MG

Divulgação/Cefet-MG

Com o calendário suspenso desde 17 de março, o Cefet-MG (Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais) vai retomar as aulas, por meio remoto, na primeira semana de agosto. A retomada das atividades foi aprovada pelo Conselho Diretor da instituição e será feito de forma gradual, entre 3 e 12 de agosto. 

O Ensino Remoto Emergencial, como foi batizado pela instituição será adotado em decorrência da pandemia de covid-19, já que o Conselho Diretor não vislumbra a possibilidade de retomada das atividades presenciais no curto ou médio prazo.  

De acordo com a decisão, esse processo vai ocorrer nos três níveis de ensino e será aplicada de forma conjunta em todos os campi do Cefet-MG. As atividades de ensino remoto serão programadas no mês de julho e a instituição também decidiu suspender as férias dos professores, marcadas para 13 e 27 de julho.  

À distância

De acordo com o Cefet-MG, o Ensino Remoto Emergencial são um conjunto de estratégias "mediadas ou não por tecnologias digitais", adotadas para minimizar os impactos da covid-19 no ensino da instituição. Ainda segundo a deliberação, o objertivo é preservar "os vínculos intelectuais e emocionais dos estudantes com os demais membros da comunidade escolar e garantindo a função socializadora da Instituição", diz o texto. 1

Últimas