Minas Gerais Chuvas deixam 5 mortos e 10 cidades em emergência em Minas

Chuvas deixam 5 mortos e 10 cidades em emergência em Minas

Nesta semana, motorista e passageira foram surpreendidos e arrastados por enxurrada em Sete Lagoas; em outubro, três morreram no interior do Estado

Duas pessoas foram arrastadas por enxurrada em Sete Lagoas

Duas pessoas foram arrastadas por enxurrada em Sete Lagoas

Divulgação / Corpo de Bombeiros

Cinco pessoas morreram devido às chuvas desde o início do período chuvoso, em outubro, em Minas Gerais. Segundo informações da Defesa Civil estadual, dez cidades já decretaram situação de emergência devido aos temporais e, até o momento, há 18 pessoas desabrigadas ou desalojadas. 

Nesta quarta-feira (4), o corpo de Maria Regina de Deus, de 59 anos, foi encontrado dois dias depois que o carro de aplicativo onde ela estava ter sido levado por uma enxurrada em Sete Lagoas, a 70 km de Belo Horizonte. O motorista do veículo, Vagner Venâncio, de 36 anos, também morreu na ocasião

A primeira morte causada pelas chuvas em Minas aconteceu em 22 de outubro em Januária, a 595 km de Belo Horizonte. João Paulo Gonçalves dos Santos, de 29 anos, morreu ao ser atingido por um raio. Ele vivia na zona rural da cidade com a mulher e estava sentado em um banco junto à companheira, quando ambos foram atingidos pela descarga elétrica. A mulher sobreviveu. 

Dois dias depois, em Santa Rita do Sapucaí, a 389 km de Belo Horizonte, Hilda Leandro de Jesus Silva, de 46 anos foi atingida por um tronco de eucalipto às margens do rio Sapucaí durante uma chuva de granizo. 

Em 25 de outubro, Roberto Rodrigues do Vale, de 50 anos, tentou salvar o filho durante um temporal em Viçosa, a 224 km de Belo Horizonte. O jovem caiu em um buraco que foi aberto na casa da família e conseguiu ser resgatado pelo pai. No entanto, quando Roberto tentou sair do local foi levado pela correnteza. 

Municípios que decretaram situação de emergência em razão das chuvas:

– Santa Rita do Sapucaí
– Itabirito
– Viçosa
– Ninheira
– Rio Acima
– Córrego Novo
– Paula Cândido
– Rio Pardo de Minas
– Tarumirim
– Pingo D’água